Blog

PSB paga o que “deve ao PT com apoio a Haddad

Publicado em 20/10/2018 às 15h00

O PSB de Pernambuco reuniu ontem os seus prefeitos em Gravatá para pedir-lhe mais empenho na campanha de Fernando Haddad à Presidência da República. Com isto, o PSB está cumprindo o compromisso assumido com os petistas ainda no primeiro: o PT “rifaria” a candidatura de Marília Arraes ao Governo de Pernambuco e, em troca, o PSB “rifaria” a candidatura de Márcio Lacerda ao Governo de Minas. Cada qual fez um gol nesse jogo. O PSB reelegeu Paulo Câmara, algo que talvez não conseguisse sem o apoio do PT, e os petistas garantiram a reeleição do senador Humberto Costa, algo que também não ocorreria se ele não tivesse sido candidato pela Frente Popular. A reunião com os prefeitos foi apenas para “cumprir tabela”, já que eles nada poderão fazer para evitar a derrota de Haddad. Já deram seu sangue para reeleger o atual governador e agora vão cuidar das eleições de 2020 que é muito mais negócio. Afinal, de que adiantará pedir votos para um candidato a presidente da República que está 20 pontos percentuais abaixo do seu oponente, Jair Bolsonaro? Nem os prefeitos vão perder tempo com isto e nem os eleitores seguem orientação de prefeito em eleição presidencial.

E se Patrícia quiser ser candidata?

Até prova em contrário, não passa pela cabeça da delegada Patrícia Domingues trocar a Polícia Civil pela carreira política. Mas se ela decidir se candidatar a vereadora pelo Recife em 2020, poderá repetir o fenômeno Gleide Ângelo, que se elegeu deputada estadual pelo PSB com mais de 400 mil votos.

Perda de tempo – A essa altura do 2º turno, não adianta mais o PT mostrar aos brasileiros quem é Jair Bolsonaro: saudosista do golpe militar de 64, defensor da tortura para arrancar confissões e fã de um torturador condenado pela Justiça: o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, falecido em 2015. Mais de 50 milhões de brasileiros querem Bolsonaro na Presidência da República. E ponto final.

Manifesto – O presidente da Adufepe, professor Edeson Siqueira, entregou ontem a Fernando Haddad (PT), no RJ, manifesto de apoio subscrito por professores de todas as Universidades de Pernambuco. Eles defendem também mais recursos para as universidades públicas.

Encerramento – Haddad (PT) escolheu o Recife para encerrar sua campanha eleitoral, na próxima quinta-feira, confiando na força da Frente Popular. Afinal, foi em Pernambuco que ele realizou os dois maiores atos de sua campanha, um em Recife e outro em Petrolina.

Ao penta – O deputado estadual eleito José Queiroz (PDT), que já foi quatro vezes prefeito de Caruaru, está se animando para ir ao penta. Se houver acordo com o deputado reeleito Tony Gel (MDB), que indicaria o vice, ele toparia concorrer.

Repeteco – Se as pesquisas estiveram certas, Bolsonaro vai ganhar de novo em todas as regiões do Brasil, exceto no Nordeste, onde o PT reelegeu três governadores (PI, CE e BA) e poderá eleger um quarto: Fátima Bezerra (RN). Na região Haddad tem ainda o apoio dos governadores de PE, AL, PB e MA.

Décimo garantido – Como á receita de impostos em Pernambuco, especialmente o ICMS, o 13º salário dos servidores públicos estaduais está garantido e deverá ser pago junto com o salário de dezembro.

Gol de placa – O PSB terá feito um gol de placa de conseguir reeleger Márcio França para o governo de São Paulo, que automaticamente assumiria a liderança nacional do partido.

Boi manso – Do ex-prefeito de São José do Egito, Antonio Valadares (sem partido), sobre o 1º turno da eleição: “Votei em Armando (PTB) pra governador, mas ele é muito desanimado. Parece um boi manso. Candidato tem que animar a militância, ou, do contrário, não ganha a eleição”.

Fonte : Blog de Inaldo Sampaio.

Comentários (0) e Compartilhar

Outubro Rosa é comemorado com varias atividades em São Lourenço da Mata

Publicado em 20/10/2018 às 14h00

Em Comemoração a Outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama, a Prefeitura de São Lourenço da Mata promoveu varias atividades para a conscientização no município neste sábado (20), na praça do Canhão, onde a população foi beneficiada com exames de mamografia, aulas de zumba, marcação com mastologista, barraca com frutas e receitas saudáveis, tenda com orientações, exercícios físicos, teste de HIV, Hepatite e Sífilis.

Comentários (0) e Compartilhar

Sobre ação do PSDB em 2014, Lupi: "questões e épocas diferentes

Publicado em 20/10/2018 às 13h00

Para presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, ação no TSE é “gesto com a sociedade que está sendo usurpada”

Para presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, ação no TSE é “gesto com a sociedade que está sendo usurpada”Foto: Divulgação

Em 2014, foi o PSDB que pediu investigação da chapa Dilma-Temer no TSE, alegando abuso de poder econômico na campanha da petista. Presidente nacional do PDT, Carlos Lupi não vê semelhança com as ações impetradas, agora, contra a campanha de Jair Bolsonaro pelo próprio PDT e pelo PT. "Naquela época, era permitido apoio financeiro e tinha consequência pós- eleitoral. Agora, antes do processo de 1º turno, tivemos influência do sistema de rede social impulsionado por empresários", observa Lupi. E completa: "(Luiz) Fux disse que fake news pode levar à anulação da eleição. São questões distintas, épocas diferentes, comprovações diferentes". 

Suando a camisa por Haddad

O foco do encontro era realçar o apoio da Frente Popular a Fernando Haddad nesse 2º turno. Mas quem roubou a cena mesmo foi o calor. As revistas distribuídas no auditório do Hotel Canarius, em Gravatá, acabaram sendo utensílios indispensáveis aos presentes. 

Tampa de... > Presidente da Amupe, o prefeito José Patriota mal iniciou seu discurso e fez uma pausa. "Quero convocar todos em nome do...". Enxugou o rosto e prosseguiu: "Do calor dessa sala".

...chaleira > O governador Paulo Câmara, o senador Humberto Costa e a deputada Luciana Santos, já esbaforidos, e como quem compartilha do mesmo sentimento, sorriram. Patriota seguiu falando da democracia e a força de Pernambuco. O calor permaneceu. 

Esforço > Dani Portela, do PSOL, citava Paulo Freire: "Mas a esperança é como o ar..". Parou aí para observar o seguinte: "Mas, aqui, está quente, hoje, viu?!". Continuou: "A esperança é como o ar e, sem ar, eu morro". 

Em bica > Paulo Câmara não estava discordando de ninguém ali e, ensopado, introduziu: "Sempre foi difícil para nós". Aí emendou: É só ver o calor que está aqui!". Disse a aliados que vai suar até o dia 28.

Carga > A preocupação maior da Frente Popular é com Região Metropolitana, onde Jair Bolsonaro teve índices elevados no 1º turno. Em cidades como Recife, Jaboatão e Paulista, por exemplo, o candidato do PSL venceu. A partir de segunda, a militância estará nas ruas com foco na RMR.

Em mãos > O encontro deu-se, ontem, no Rio de Janeiro. O Manifesto Democrático da Universidade, lançado no último dia 18 de outubro e assinado por professores e reitores de universidades pernambucanas, foi entregue, em mãos, ao presidenciável Fernando Haddad. Quem realizou a entrega foi o presidente da Associação dos Docentes da UFPE, professor Edeson Siqueira. 

Representante > Edeson o fez em nome da Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico.

Prévia > A referida agenda de Haddad ocorreu no Clube de Engenharia (RJ) durante a manhã, onde ele participou do debate “Democracia e soberania: ciência e engenharia para o desenvolvimento brasileiro”. Edeson esteve com o petista antes de ele iniciar sua explanação.

FonteFolha de PE.

Comentários (0) e Compartilhar

Paulo Câmara: “Não vamos desistir do Brasil e mostraremos esta resistência em Pernambuco”

Publicado em 20/10/2018 às 12h00

Reeleito no primeiro turno em Pernambuco, o governador Paulo Câmara (PSB) reuniu, na tarde desta sexta-feira (19), um grande conjunto de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, deputados e lideranças políticas pernambucanas para reafirmar o apoio ao presidenciável Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições 2018. Cerca de mil líderes de todas as regiões do Estado lotaram o Centro de Convenções do Hotel Canariu’s, em Gravatá, no Agreste, para confirmar que estão ao lado de Paulo e Haddad para garantir dias melhores no Brasil.

Durante o encontro, Paulo fez um agradecimento às lideranças pelo apoio dado no primeiro turno em Pernambuco e pediu que a mobilização se repita na campanha de Haddad, sobretudo nesta reta final que antecede o pleito. “O desafio que nós temos até dia 27 é importante e necessário. O Brasil já está dando passos para trás e a gente não pode deixar dar passos mais largos ainda. Vamos em frente nesta última semana. Vocês viram no primeiro turno que na última semana aconteceu muita coisa. Não vamos desistir do Brasil e vamos mostrar essa resistência em Pernambuco”, afirmou.

O socialista destacou que a força do Nordeste será primordial para garantir resultados expressivos em favor de Haddad e lembrou os avanços promovidos na gestão do ex-presidente Lula, sobretudo na região. “O caminho de Lula de diminuir desigualdade sociais e regionais, de gerar emprego e renda são valores que não podemos deixar escapar de maneira nenhuma. Falar nisso é falar de futuro. O que a gente já conhece e sabe que dá certo. Haddad representa isso. Ele teve pouco tempo de mostrar na campanha e está se esforçando no segundo turno. As fake news estão espalhadas e com grupos poderosos por trás disso, como foi noticiado. Mas a verdade sempre estará na frente”, defendeu o governador.

Eleita vice-governadora, a presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos, destacou que a eleição de Bolsonaro representa uma ameaça ao Brasil e que é preciso dialogar com a população e mostrar o melhor projeto presidencial. “Ele representa o que há de pior na política. Precisamos, portanto, fazer o debate de ideias. A primeira semana após o primeiro turno foi de violência política. Esta candidatura (de Bolsonaro) está fazendo caixa dois e financiamento eleitoral. É a junção de crimes cometidos com as fake news. Pernambuco vai demonstrar que tem altivez. Vamos garantir a vitória do que representa o legado do melhor presidente que já tivemos, que foi Lula”, declarou.

O senador reeleito Humberto Costa (PT) destacou a disparidade entre os projetos representados por Fernando Haddad e Jair Bolsonaro e o risco que o o candidato oposto apresenta para o Brasil. “De um lado a gente tem alguém que a gente conhece. Um candidato preparado, que foi ministro, que criou o Prouni, Pronatec, e em todo município existe uma ação de Fernando Haddad, que é representante de um projeto que nós conhecemos. O candidato da democracia, da defesa da Constituição. Do outro lado, temos um homem que ninguém sabe o que ele é. Ou melhor. A gente sabe que ele é uma pessoa despreparada, alguém folclórico”, avaliou.

Representando mais de 100 prefeitos pernambucanos que participaram do encontro, o chefe do Executivo em Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), reforçou a necessidade de cada liderança municipal no pleito que se aproxima. Ele também falou da importância da vitória de Haddad para garantir as parcerias entre Pernambuco e o Governo Federal. “Não podemos baixar a cabeça e nos omitir. Esta é a hora de demonstrarmos força, coragem e autonomia. Eleição se ganha no dia com o voto. Vamos trabalhar e mostrar a liderança de Paulo Câmara garantindo uma vitória expressiva de Haddad”, pontuou.

Candidata no primeiro turno das eleições, Dani Portela (PSol) também participou da atividade e destacou a união realizada na segunda etapa do pleito em favor da Haddad. “Há poucos dias estávamos em palanques opostos. Hoje a nossa união se da para defender democracia no Brasil”, pontuou.

CAFÉ DA MANHÃ

Em mais um ato de apoio ao presidenciável Fernando Haddad (PT), o governador Paulo Câmara (PSB) reuniu, na manhã desta sexta-feira, atuais deputados estaduais e federais, novos parlamentares eleitos, além de lideranças partidárias, em um café da manhã realizado no Recife Praia Hotel, no Pina. Paulo reforçou a importância que a vitória de Haddad terá para garantia dos direitos democráticos no Brasil, a volta do crescimento do país e o impacto disso em Pernambuco. A atividade contou com a participação de representantes do PR, PP, PCdoB, PSol, PT, MDB, PSD, PPL, PSC e PSB.

Fonte:  Blog Ponto de Vista. 

Comentários (0) e Compartilhar

Condenado na Lava Jato, solto ex-deputado André Vargas

Publicado em 20/10/2018 às 11h00

O ex-deputado federal André Vargas, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato, foi solto nesta sexta-feira (19) após cumprir um terço da pena e iniciar o pagamento da reparação de danos ordenada pela justiça. 

A decisão de conceder liberdade condicional ao político foi da 2a Vara de Execuções Penais de Curitiba.

 A juíza Luciani Tesseroli Maronezi entendeu que Vargas apresentou comportamento satisfatório e começou a pagar, em prestações, a indenização de R$ 1,1 milhão a que foi condenado. Serão 72 parcelas de R$ 15 mil. 

O ex-deputado petista deixou o Complexo Médico Penal, na região metropolitana de Curitiba, à tarde. Estava detido havia três anos e meio. 

Vargas, que chegou a ser vice-presidente da Câmara de Deputados e acabou cassado após ser acusado de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, foi o primeiro político condenado na Lava Jato, em setembro de 2015. 

Ele foi acusado de receber propina de contratos de publicidade da Caixa Econômica e do Ministério da Saúde.

O político tem condenações em três processos, das quais ainda recorre. Ele se desfiliou do PT em 2014. 

As advogadas Nicole Trauczynski e Elisa Blasi, que defendem o político, afirmaram que a decisão foi acertada e que Vargas cumpriu “todos os requisitos legais”.

Fonte : Estelita Hass Carazzai – Folha de S.Paulo.

Blog do Magno Martins.

Comentários (0) e Compartilhar

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||