Blog

Número de candidatos e ordem de votação no segundo turno serão distintos em diferentes localidades

Publicado em 19/10/2018 às 11h00
Logo Eleições 2018

No segundo turno das Eleições 2018, que acontece no próximo dia 28 de outubro, a depender da localidade onde o eleitor se encontra, o número de candidatos a escolher e a ordem de votação serão distintos.

Em todo o país, será realizada votação para a escolha do próximo presidente da República. O mesmo ocorrerá em 99 localidades no exterior. A definição para o cargo de governador ocorrerá no segundo turno em 13 estados e no Distrito Federal. Além disso, em 19 municípios serão realizadas as chamadas eleições suplementares para escolha de novos prefeitos e vice-prefeitos.

Para tornar possível a realização concomitante de todas essas modalidades de eleições, a Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desenvolveu o Programa de Múltiplas Eleições, que permite a programação da urna eletrônica com composições que variam conforme as exigências de cada pleito.

O segundo turno para governador ocorrerá no Distrito Federal e nos seguintes estados: Amazonas, Amapá, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio Grande do Sul, Rondônia, Rio Grande do Norte, Sergipe, Roraima, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

Nas cidades a seguir, no segundo turno os eleitores votarão para presidente da República, governador e prefeito: Alpestre (RS), Vidal Ramos (SC), Aperibé (RJ), Laje do Muriaé (RJ), Mangaratiba (RJ), Araras (SP), Rincão (SP), Monte Azul Paulista (SP), Monguaguá (SP), Anamã (AM) e Novo Airão (AM).

Nesses locais, a ordem de votação será a seguinte: governador, presidente e, por último, prefeito. Para cada cargo, o eleitor deverá digitar dois números.

Nos municípios seguintes, os eleitores escolherão o presidente da República e o prefeito: Planalto da Serra (MT), Croatá (CE), Turvelândia (GO), Planaltina (GO), Davinópolis (GO), Divinópolis de Goiás (GO), Serranópolis (GO) e Bacabal (MA).

Nessas cidades, o eleitorado deverá, primeiramente, votar para presidente e, em seguida, para prefeito. Novamente, dois números deverão ser digitados para cada cargo.

É importante digitar o número de cada candidato com atenção e conferir a foto do político escolhido antes de apertar a tecla “Confirma”. Caso ocorra algum erro, o eleitor pode apertar a tecla “Corrige” antes de finalizar o processo e digitar o número novamente.

Eleições suplementares

A previsão de novas eleições está disposta no artigo 224 da Lei n° 4.737/65 (Código Eleitoral), que sofreu algumas mudanças com a Reforma Eleitoral de 2015 (Lei nº 13.165/15). O parágrafo 3º desse artigo prevê a realização de novos pleitos sempre que houver, independentemente do número de votos anulados, “decisão da Justiça Eleitoral que importe o indeferimento do registro, a cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em pleito majoritário”. Para realização das eleições nos municípios, os tribunais regionais eleitorais devem elaborar e aprovar as instruções para a realização do pleito.

Primeiro turno

No primeiro turno, ocorrido em 7 de outubro, além da votação para presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais, as urnas foram moduladas para a realização da eleição distrital que definiu os integrantes do Conselho Distrital do Arquipélago de Fernando de Noronha, em Pernambuco, além de três plebiscitos: em Petrópolis (RJ), Fortaleza do Tabocão (TO) e Augusto Severo (RN).

Na cidade fluminense, 68,7% dos votantes decidiram pelo fim do uso de tração animal em charretes destinadas a passeios turísticos. Com 74,83% dos votos, os moradores de Fortaleza do Tabocão decidiram que a cidade passará a se chamar Tabocão. Também os eleitores de Augusto Severo optaram pela troca do nome do município. Com 95,7% dos votos, a cidade passará a se chamar Campo Grande.

Cidade

Estado

Eleição para Governador

Alpestre

RS

x

Vidal Ramos

SC

x

Aperibé

RJ

x

Laje do Muriaé

RJ

x

Mangaratiba

RJ

x

Araras

SP

x

Rincão

SP

x

Monte Azul Paulista

SP

x

Monguaguá

SP

x

Anamã

AM

x

Novo Airão

AM

x

Planalto da Serra

MT

 

Croatá

CE

 

Turvelândia

GO

 

Planaltina

GO

 

Davinópolis

GO

 

Divinópolis de Goiás

GO

 

Serranópolis

GO

 

Bacabal

MA

Fonte: TSE.
Comentários (0) e Compartilhar

Prefeitos defendem que materiais da CNM ajudam na gestão local

Publicado em 19/10/2018 às 10h15

IMG 2896“Nas nossas reuniões, a primeira orientação que eu dou todos os dias no meu Município é que todos façam o dever de casa e busquem informações no site da CNM. Então a CNM é referencia de trabalho para gente”, defendeu o prefeito de Igarapava (SP), José Ricardo. A afirmação do prefeito foi durante a visita dele à sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Nesta quinta-feira, 18 de outubro, vários Municípios estiveram na sede da entidade em busca de orientações. Gestores de Tibau (RN); São Fernando (RN); Braga (RS); Ituverava (SP) e Canápolis (BA) foram recebidos por técnicos da entidade das áreas de Cultura, Turismo, Saúde, Finanças, Meio Ambiente e Saneamento e outras.

Os municipalistas são recebidos no Lounge Municipalista da entidade – um local reservado para receber prefeitos, vereadores e gestores municipais que venham a Brasília.  

“É a primeira vez que venho aqui, mas fiquei encantada com a estrutura. Sempre que possível vou fazer questão de fazer uma visita e esclarecer dúvidas aqui”, disse a prefeita de Braga, Inez Della Libera. Ainda segundo a prefeita interina, “enquanto estiver no cargo de prefeita vou usar todo o apoio da entidade para melhorar a gestão no nosso Município”.

Além de receber orientações técnicas acerca de assuntos que podem contribuir para a administração local, os gestores que visitam a CNM recebem a Carteira Nacional de Prefeitos – documento de identificação que facilita o acesso dos gestores nos ministérios e no Congresso Nacional.

Por: Mabilia Souza

Foto: Jefferson Viana

Fonte: Da Agência CNM de Notícias.

Comentários (0) e Compartilhar

Palácio construiu força política maior do que em 2014

Publicado em 19/10/2018 às 09h30

Nas eleições de 2014 a Frente Popular foi impulsionada pela comoção gerada pela morte de Eduardo Campos, que havia montado a maior frente política da história de Pernambuco. Naquela ocasião Paulo Câmara elegeu-se com uma expressiva votação e fez uma maioria política significativa tanto na Câmara dos Deputados quanto na Assembleia Legislativa de Pernambuco, porém o sentimento de muitos é o de que Paulo Câmara só chegou ao Palácio por conta do fatídico acidente, e precisava de uma demonstração de força para ganhar legitimidade política.

As eleições de 2016 trouxeram resultados pouco animadores para o Palácio, que viu aliados perderem em Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe, Ipojuca, Belo Jardim, Caruaru, Araripina, São Lourenço da Mata e cidades menores mas representativas que dariam uma grande preocupação ao governo na reeleição.

Além do resultado do pleito municipal e das dificuldades do governo, Paulo Câmara foi perdendo alguns aliados como o senador Fernando Bezerra Coelho, os deputados federais Fernando Filho, Mendonça Filho e Bruno Araújo, todos na época ministros de pastas importantes do governo federal e no final da pré-campanha o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira. Para muitos, o governo estaria sepultado, sobretudo pela ameaça da candidatura de Marília Arraes que se mostrava muito competitiva.

O governo tirou Marília do jogo, atraiu o PT, e enfrentou Armando Monteiro. Mesmo com todos os problemas do governo, em nenhum momento da campanha Paulo Câmara ficou atrás de Armando Monteiro nas pesquisas, o melhor resultado da oposição foi uma desvantagem numérica dentro da margem de erro. As urnas do último dia 7 permitiram a vitória de toda a Frente Popular, mas além da derrota de três expoentes oposicionistas, Armando, Mendonça e Bruno, o governo teve um expressivo resultado na disputa proporcional.

Dos 25 deputados federais eleitos, 17 estarão na base do governador,  enquanto dos 49 estaduais, pelo menos 36 deverão compor a base governista na Assembleia Legislativa de Pernambuco. Não é apenas a base governista robusta que impulsiona o PSB, mas a própria fragilidade da oposição que teve uma chance ímpar de tirar a hegemonia socialista no estado, que com a derrota de seus próceres, ficou órfã de lideranças, dependendo de nomes que estão reticentes a empunhar a bandeira de antagonismo ao PSB.

Por fim, se observou a derrota de nomes que bateram de frente com o Palácio, como João Fernando Coutinho, Socorro Pimentel, Adalberto Cavalcanti, Marinaldo Rosendo, José Humberto e Augusto Cesar, que em 2014 obtiveram resultados expressivos mas que em 2018 saíram derrotados e fragilizados das urnas. Não haveria resultado melhor para o governo, que fez barba, cabelo, bigode e mais um pouco para ter uma tranquilidade maior pelos próximos quatro anos.

Fundaj – Comandando a Fundação Joaquim Nabuco no governo Michel Temer, o deputado Mendonça Filho já teria solicitado ao presidenciável Jair Bolsonaro através de interlocutores que fosse mantido seu espaço no eventual governo Bolsonaro. A Fundaj é interessante porque os salários são no patamar de Brasília mas o expediente é dado em Pernambuco, abrigando toda a equipe do ex-ministro.

Juntos – Se o PSOL criou a modalidade da candidatura coletiva, e logrou êxito na empreitada através das Juntas, os deputados estavam dizendo que o PSB teve a sua modalidade de candidatura coletiva, pois a votação de Gleide Ângelo permitiu que Waldemar Borges, Isaltino Nascimento, Romário Dias e Aluísio Lessa pudessem renovar seus mandatos. Os mais de 412 mil votos de Gleide elegeram cinco deputados pela Frente Popular.

São Paulo – No segundo turno para governador, a eleição mais acirrada está sendo em São Paulo na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes. O governador Marcio França e o ex-prefeito João Dória estão empatados tecnicamente e a campanha tem sido bastante agressiva. Quem vencer no próximo dia 28 deverá chegar ao mandato por uma pequena margem de votos.

Eriberto Medeiros – O deputado Eriberto Medeiros, atual presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, vem ganhando força junto aos seus pares para sua recondução. Eriberto tem excelente trânsito na Casa tanto com os deputados reeleitos quanto com os novatos. É difícil que até o dia 1 de fevereiro surja algum nome que possa prejudicar seu favoritismo.

RÁPIDAS

Goiana – O primeiro suplente de vereador de Goiana, mais votado do que três vereadores de mandato, Alexandre Carvalho, apoiou sozinho o deputado estadual eleito Clovis Paiva e garantiu 518 votos ao parlamentar. Ele é filho do ex-vereador Antonio Nelson e poderá contar com o apoio de Clovis para atuar em favor da sua cidade, fortalecendo-lhe para as eleições de 2020.

Haddad – Nesta sexta-feira, a partir das 14h, prefeitos e lideranças de Pernambuco que apoiam a candidatura de Fernando Haddad à Presidência da República estarão reunidas no Hotel Canariu’s, em Gravatá, no Agreste, no encontro da Frente Democrática para reafirmar o compromisso com o presidenciável no segundo turno das eleições 2018.

Inocente quer saber – O senador Fernando Bezerra Coelho assumirá a liderança da oposição a Paulo Câmara em Pernambuco?

Fonte : Blog Edmar Lyra.

Comentários (0) e Compartilhar

PF deflagra operação para combater esquema de fraudes previdenciárias

Publicado em 19/10/2018 às 08h45
Foto: Polícia Federal
                       Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) em Pernambuco deflagrou na manhã desta sexta-feira (19) uma operação que mira um esquema de fraudes no instituto de previdência dos servidores de um município da Região Metropolitana do Recife (RMR). Segundo as investigações, que correm em segredo de justiça, o prefeito da cidade teria supostamente ordenado a transferência de mais de R$ 90 milhões do instituto – que antes se encontravam investidos em instituições sólidas – para fundos de investimento que colocavam em em risco o pagamento da aposentadoria dos servidores do município.

Além do prefeito, estão sendo presos empresários, lobistas, advogados,  religiosos e outras pessoas que de uma forma tem participação com o esquema criminoso. Ao todo, 220 policiais federais estão cumprindo 64 ordens judiciais sendo 42(quarenta e dois) mandados de busca e apreensão, 10 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de prisão temporária, nos Estados de Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraíba, Goiás, Santa Catarina e no Distrito Federal. As medidas foram determinadas pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), que ainda autorizou o sequestro e bloqueio de bens e valores depositados em contas em nome dos investigados.

Em Pernambuco, estão sendo cumpridos 18 mandados de busca e apreensão, dois de prisão temporária e quatro de prisão preventiva nos municípios do Cabo de Santo Agostinho, Sagueiro e Vitória.

Os crimes que estão sendo imputados aos suspeitos são lavagem de dinheiro, associação criminosa, crimes financeiros, corrupção ativa e passiva, cujas penas ultrapassam os 30 anos de reclusão. Os presos serão levados até a sede da PF onde serão interrogados e logo em seguida irão ser encaminhados para os respectivos sistemas prisionais. Os presos de outros estados ficarão reclusos em sistemas prisionais de seus estados onde ficarão à disposição do TRF-5.

Fonte: Blog do Jamildo.

Comentários (0) e Compartilhar

São Lourenço da Mata - Outubro Rosa:

Publicado em 19/10/2018 às 08h00

Comemorando o Outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama, a Prefeitura de São Lourenço da Mata promoverá um grande evento de conscientização neste sábado (20), a partir das 8h, na praça do Canhão. Os são-lourencenses contarão com exames de mamografia, aulas de zumba, marcação com mastologista, barraca com frutas e receitas saudáveis, tenda com orientações, exercícios físicos, teste de HIV, Hepatite e Sífilis, e muito mais! Não deixem de participar!

Programação do dia 20/10 na Praça do Canhão Outubro Rosa
 
Tenda de doação de cabelos (10cm) e lenços; 
Mamografia (80);
Barraca de frutas;
Barraca de receitas saudáveis;
Tenda de orientações,
Marcação com o mastologista;Tenda de atividade física;
Tenda de álcool e outras drogas;
Zumba;
Exercícios que podem ser feitos em casa;
Testagem e aconselhamento de sífilis, hepatite e hiv
Outras atividades.
 
Fonte:  Com informações de Fausto Carla Freitas, Secretária de Saúde, via o repórter Fausto Neto.
Blog Generalidade.
Professor Jacaúna Medeiros.
Comentários (0) e Compartilhar

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||