Blog

Bolsonaro precisa parar de criar crises para o seu governo

Publicado em 18/10/2019 às 09h00

Prestes a completar o décimo mês do primeiro ano de governo, o presidente Jair Bolsonaro teria muita coisa a comemorar, como por exemplo a geração de mais de meio milhão de empregos, a inflação controlada, retomada dos investimentos públicos e privados, redução da violência, etc. O governo do ponto de vista de gestão em quase todas as áreas é acima da média, porém é na política que o presidente tem pecado de forma significativa, o que acaba comprometendo a percepção da sociedade de tantos avanços que estão acontecendo.

Nos últimos dias, Bolsonaro debruçou-se em criar confusão com o PSL, primeiro com o deputado federal Luciano Bivar, presidente nacional do partido, depois com o líder do partido na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir, e por fim com a líder do governo no Congresso Nacional, Joice Hasselmann.

Em pouco tempo, o presidente inviabilizou a relação com atores importantes para a sua governabilidade, sabe-se lá a troco de quê, e pelo andar da carruagem, o governo continuará sendo uma usina de crises políticas que poderiam ser evitadas se tivesse um presidente menos cabeça dura.

Bolsonaro tem todas as condições de encaminhar sua reeleição em 2022, uma vez que só depende dele para continuar governando o país, haja vista que a oposição está em frangalhos. Mais do que isso, as condições econômicas estão convergindo para que ele faça um dos governos mais importantes da história do Brasil, com resultados efetivos para melhorar a vida dos brasileiros. Porém essa postura beligerante do presidente está levando o seu governo para um precipício político difícil de ser resgatado. Ou o presidente baixa a bola e admite ceder dentro dos pilares republicanos, ou ele irá implodir a cada dia um governo que tem tudo para dar certo e fazer história no Brasil.

Concurso – Nesta sexta-feira acontece a premiação do “Concurso Literário Prêmio Adeildo Nunes”, realizado pela Academia de Letras e Artes de Gravatá (ALAG). O juiz aposentado que também é professor e autor de alguns livros, Dr. Adeildo Nunes confirmou presença no evento. A programação faz parte dos festejos dos 22 anos da ALAG.

Partindo na frente – As duas primeiras emendas parlamentares apresentadas à Secretaria Geral da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa e publicadas no Diário Oficial na última quarta-feira (16) são de autoria do deputado Guilherme Uchoa Júnior (PSC). Destinam-se à Fundação Altino Ventura (FAV) e ao Instituto do Câncer Infantil do Agreste (ICIA), entidades sem fins lucrativos.

Garanhuns – O empresário Givaldo Calado admitiu pela primeira vez disputar a sucessão do prefeito Izaías Régis em 2020. Integrante da base do governador Paulo Câmara, Givaldo estaria pontuando bem em levantamentos sobre a disputa e surge como mais um nome com potencial de ser candidato nas eleições do ano que vem.

Terceirizando – A prefeita interina de Camaragibe, Nadegi Queiroz, ao justificar não pagar as indenizações dos funcionários que ela mesma demitiu alegando serem fantasmas, afirmou que outros órgãos também não estão cumprindo suas obrigações, terceirizando a culpa de uma gestão que já deveria ter mostrado alguma coisa.

RÁPIDAS

Campanha antecipada – Carro de som parado é proibido até na campanha eleitoral. Porém, Elias Gomes já faz comício no Cabo, num ato impensado e flagrante crime eleitoral. As fragorosas derrotas sofridas por Elias Gomes e seu grupo o deixaram completamente fora da realidade.

Empregos – Em setembro, o Brasil criou 157 mil empregos formais, configurando-se no melhor resultado para o mês desde 2013. Os números comprovam que o Brasil já deixou para trás a crise econômica que destruiu os empregos no país.

Inocente quer saber – A oposição no Recife tem algum projeto para a cidade?

Fonte : Blog Edmar Lyra.

Comentários (0) e Compartilhar

Supremo promove audiência pública sobre candidaturas sem filiação partidária

Publicado em 18/10/2019 às 08h00

ABrPara discutir a constitucionalidade das candidaturas avulsas – sem filiação partidária – em eleições, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso convocou audiência pública para o dia 9 de dezembro. Os interessados em participar do debate devem enviar e-mail para candidaturaavulsa@stf.jus.br até o dia 1º de novembro. A relação dos selecionados será divulgada até 18 de novembro.

Com repercussão geral reconhecida, a matéria é tema de Recurso Extraordinário (RE) 1238853 com Agravo (ARE) 1054490, no qual dois cidadãos não filiados a partidos tiveram o registro de sua candidatura a prefeito e a vice-prefeito do Rio de Janeiro (RJ) indeferida pela Justiça Eleitoral nas eleições de 2016.

Eles sustentam que a Constituição Federal não proíbe explicitamente a candidatura avulsa e que o Decreto 678/1992 – do Pacto de São José da Costa Rica – rejeita o estabelecimento de qualquer condição de elegibilidade que não seja idade, nacionalidade, residência, idioma, instrução, capacidade civil ou mental, ou condenação em processo penal.

Barroso é relator da matéria. Para ele, o tema extrapola os limites jurídicos e, por isso, é importante dar voz a instituições, partidos, movimentos sociais, associações de direito eleitoral, políticos, acadêmicos e especialistas. Entre os pontos a serem discutidos estão as dificuldades práticas da implementação e os impactos sobre o princípio da igualdade, sobre o sistema partidário e o regime democrático.

Participação
A solicitação de participação deve conter a qualificação do órgão, da entidade ou do especialista, a indicação do expositor, acompanhada de breve currículo de até uma página, e o sumário das posições a serem defendidas na audiência. A seleção será a partir de critérios como representatividade, especialização técnica e domínio do tema, garantindo-se a pluralidade da composição da audiência e a paridade dos diversos pontos de vista a serem defendidos.

Fonte :Agência CNM de Notícias, com informações do STF.

Comentários (0) e Compartilhar

Joice diz que deixa liderança no Congresso com 'dever cumprido'

Publicado em 17/10/2019 às 21h00
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Em um tuíte, a deputada e ex-líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), se despediu do cargo que ocupava. "Deixo a liderança no Congresso com dever cumprido", escreveu a deputada. Hasselmann diz não se importar com o que considerou "ingratidão", disse ter "couro duro" e que irá seguir "apoiando o Brasil".
 
Hasselmann foi destituída da função de líder do governo no Congresso após disputa entre alas que apoiam o presidente Jair Bolsonaro e o grupo que se mantém fiel ao presidente da sigla, o deputado Luciano Bivar (PE). Deverá assumir a função o senador Eduardo Gomes (MDB-TO).
 
Na íntegra, o tuíte lê: "Deixo a liderança no Congresso com dever cumprido. Articulei Reforma da Previdência em todo país, aprovei o PLN que deu ao PR @jairbolsonaro R BI e o salvou de um impeachment, contive inúmeras crises. Não me importo com a ingratidão. Meu couro é duro. Sigo apoiando o Brasil!".
 
Fonte : Agência Estado.
Diario de PE.
Comentários (0) e Compartilhar

Felipe Dantas confirma pré-candidatura em Camaragibe e deixa políticos incomodados

Publicado em 17/10/2019 às 20h00

                               Imagem: Foto Reprodução

O pré-candidato a Prefeitura de Camaragibe Felipe Dantas confirmou que pretende concorrer ao cargo de prefeito nas próximas eleições municipais em 2020. Dantas afirmou está analisando propostas de três partidos que poderá ser a sigla de sua candidatura, trata-se do PMN, Rede e PV.

O ex-gestor do município, Jorge Alexandre (PSDB), aproveitou entrevista na Rádio Damata FM para sugerir uma retaliação caso as movimentações do pré-candidato Felipe Dantas não fossem contidas, chegando a insinuar a possibilidade de lançar o filho, Victor Alexandre, candidato a prefeito em São Lourenço da Mata, uma vez que acredita haver apoio de Jairo Pereira, pai do prefeito Bruno Pereira, ao jovem advogado.

 

Em resposta, Felipe Dantas afirmou estar “completamente disposto” ao lançamento da candidatura e que os adversários “estão preocupados por ele representar ao novo”, diferente das últimas gestões que aconteceram em Camaragibe.

Segundo informações, a prefeita em exercício de Camaragibe, Nadegi Queiroz, também estaria inclinada a tentar demover o nome de Felipe Dantas do xadrez eleitoral no município. De acordo com uma fonte segura, ela procurou o grupo da família Pereira em São Lourenço da Mata, mas não obteve sucesso na remoção do nome de Felipe Dantas. “Não tem nada a ver com Jairo ou São Lourenço. Sabemos que há uma amizade forte, mas só quem retira o nome de Felipe é Felipe”, emendou. A tentativa faz parte de uma série de esforços de Nadegi Queiroz para conseguir estabilidade política em Camaragibe após a crise instaurada com a prisão do prefeito Meira (PTB).

 

Felipe é advogado e foi procurador e será um dos nomes forte para as eleições de Camaragibe em 2020. Dantas afirmou que com ou sem o apoio dos “Pereiras” terá sua candidatura assegurada.

Últimas gestões

O município de Camaragibe tem se destacado negativamente quando o assunto é a gestão municipal. O prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira (PTB), foi preso em uma operação do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco). O gestor da cidade do Grande Recife é investigado pelos crimes de fraude em licitação, corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Ele foi afastado do cargo.

Problemas envolvendo prefeitos não é novidade no município, em 2016 o ex-prefeito de Camaragibe, João Lemos, na época do PCdoB, teve seu registro de candidatura indeferido, com base na lei de ficha limpa. Lemos colheu as consequências após condenação por improbidade administrativa e contas rejeitadas para o exercício financeiro de 2009 pela Câmara Municipal de Camaragibe.

 

Jorge Alexandre, outro ex-prefeito da cidade, teria sido denunciado, segundo reportagem do JC, pela Procuradoria Geral do Município de Camaragibe por suposto débito em contratos celebrados com a empresa Ticket Serviços S.A, além do gasto com veículos que jamais prestaram serviços ao município. Por outro lado essa denúncia não foi comprovada na época por parte da Procuradoria Geral do município nem pelo TCE-PE.

Já o ex-prefeito Paulo Santana, recebeu condenação por improbidade administrativa. Ele não cumpriu convênio firmado com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), em 1998, que tinha por objetivo a adoção de medidas para combate à esquistossomose.

A atual prefeita Nadegi Queiroz tem a difícil missão de readequar o município após gestões castigadas.

Fonte : Portal de Prefeitura.

Comentários (0) e Compartilhar

Gustavo Gouveia cumpre agenda em Brasília em busca de investimentos

Publicado em 17/10/2019 às 19h00

Em viagem à Brasília nesta semana, o deputado estadual Gustavo Gouveia está cumprindo agenda oficial pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), em busca de emendas parlamentares que serão destinadas ao setor de educação, saúde e infraestruturas para o estado.

De acordo com o parlamentar, as visitas à Brasília são importantes para buscar parcerias. “Nossas viagens à Câmara de Deputados, aos órgãos e entidades do Governo Federal são sempre positivas, conseguimos apoio e investimentos federais, que serão destinados a diversas áreas dos municípios pernambucanos, como saúde, educação e infraestrutura, principalmente no interior do estado”, explicou.

Em um dos compromissos, o parlamentar se reuniu com o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) – autarquia federal responsável pela execução de políticas educacionais do Ministério da Educação (MEC) – , Rodrigo Dias, os prefeitos do Paudalho, Marcelo Gouveia, e de Feira Nova, Danilson Gonzaga, e o deputado federal Ricardo Teobaldo.

Segundo Gustavo Gouveia a conversa foi muito construtiva. “Durante nosso encontro, solicitamos a liberação de recursos financeiros para a construção e reformas de creches, escolas e quadras, e a disponibilização de ônibus escolares para nossos estudantes. Sabemos que a educação é fundamental, por isso é muito importante gerar investimento”, ressaltou.

Além do encontro com o presidente do FNDE, o parlamentar também participou, também acompanhado dos prefeitos do Paudalho, Marcelo Gouveia, e de Feira Nova, Danilson Gonzaga, da cerimônia de posse do novo Reitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Alfredo Gomes, no Ministério da Educação.

Fonte :Blog Ponto de Vista.

Comentários (0) e Compartilhar

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||