Blog

Temer desiste da reeleição e anuncia apoio a Henrique Meirelles

Publicado em 22/05/2018 às 17h00
Foto: Beto Barata/Presidência da República
Foto: Beto Barata/Presidência da República

Estadão Conteúdo

O presidente Michel Temer anunciou nesta terça-feira (22) em evento do MDB ocorrido em Brasília, que não disputará a reeleição e apoiará a candidatura ao Planalto de seu ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. “Chamamos você, Meirelles, para ser presidente do Brasil”, disse Temer. “Que você seja o único candidato de centro a continuar o que começamos”, completou.

O presidente decidiu apoiar publicamente Meirelles nos últimos dias e disse a dirigentes do MDB que tornaria público o endosso na cerimônia de lançamento do documento “Encontro com o Futuro”, para deixar clara a desistência de concorrer a novo mandato – e fazer um aceno público na direção de Meirelles.

Mais cedo, no lançamento do documento, o ministro Moreira Franco (Minas e Energia) culpou o ambiente político-parlamentar pela não conclusão de algumas propostas do programa “Ponte para o Futuro”, carro-chefe do MDB na gestão Temer.

Fonte:Blog do Jamildo.

Comentários (0) e Compartilhar

E-mails falsos em nome da Justiça Eleitoral estão circulando pela internet

Publicado em 22/05/2018 às 16h00
E-mails falsos em nome da Justiça Eleitoral estão circulando pela internet

Com a proximidade das eleições, que acontecerão no próximo mês de outubro, mais uma vez começam a circular pela internet e-mails e comunicados falsos em nome da Justiça Eleitoral.

Pessoas mal intencionadas encaminham mensagens eletrônicas à população, em nome do TSE e dos TREs com anexos de um ou mais links clicáveis. O eleitor, ao clicar nesses links acaba por instalar um vírus em seu computador.

As mensagens geralmente contêm informações relativas ao cancelamento do título eleitoral e/ou pedido de atualização dos dados cadastrais, sob a falsa alegação de que a suposta ausência do eleitor como mesário teria gerado o cancelamento de seu título.

A Justiça Eleitoral informa que não envia e-mails e não autoriza nenhuma outra instituição a enviar e-mails aos eleitores para comunicar cancelamento de títulos eleitorais ou para convocar mesários. Mensagens dessa natureza devem ser apagadas, pois podem conter vírus ou qualquer outro software malicioso, o que causa possíveis danos ao computador do internauta.

Apenas após a convocação do mesário por meios analógicos (telegrama, carta, etc) e mediante prévia e específica autorização do convocado alguns Tribunais passam a utilizar o endereço eletrônico como forma de comunicação com os mesários já convocados.

Fonte :TRE-PE.

Comentários (0) e Compartilhar

Ministros e Petrobras discutem alta no preço dos combustíveis

Publicado em 22/05/2018 às 15h15

A categoria reclama do reajuste das tarifas do diesel, que encarecem o valor do serviço / Foto: Agência BrasilA categoria reclama do reajuste das tarifas do diesel, que encarecem o valor do serviço

Foto: Agência Brasil
Agência Brasil
 

Pelo segundo dia consecutivo, a alta no preço dos combustíveis é tema de reuniões em Brasília. Os ministros da Fazenda, Eduardo Guardia, e de Minas Energia, Moreira Franco, têm encontro marcado hoje (22), a partir das  9h, com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, para uma conversa técnica sobre o assunto.

As reuniões ocorrem no momento em que os caminhoneiros deflagraram uma paralisação por tempo indeterminado e que bloqueiam rodovias em vários estados. A categoria reclama do reajuste das tarifas do diesel, que encarecem o valor do serviço.

CONVOCAÇÃO

Nessa segunda (21), no final da tarde, o presidente Michel Temer convocou uma reunião de emergência para tratar do mesmo tema com os ministros Moreira Franco (Minas e Energia), Eliseu Padilha (Casa Civil), Eduardo Guardia (Fazenda), Esteves Colnago (Planejamento) e o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, no Palácio do Planalto.

Também ontem a Petrobras informou que deverá elevar os valores do diesel em 0,97% e os da gasolina, em 0,9% nas refinarias a partir de hoje. Na semana passada, houve vários reajustes de preço nas refinarias.

Há discussões no governo sobre a possibilidade de redução da cobrança de tributos sobre os combustíveis. Existem situações em que a composição de impostos supera 40% do valor final do preço.

Padilha disse que o governo estuda uma forma de tornar os preços dos combustíveis mais “previsíveis”.

Fonte : JC.

Comentários (0) e Compartilhar

Tadeu Alencar se coloca contra projeto que regulamenta criação de novos municípios

Publicado em 22/05/2018 às 14h00
Tadeu Alencar se coloca contra projeto que regulamenta criação de novos municípios
Foto: PSB na Câmara/Divulgação
 
Na semana da 21ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que começa nesta segunda-feira (21), o deputado Tadeu Alencar, líder do PSB na Câmara a partir de junho, criticou o projeto de Lei Complementar (PLP) 137/2015, que regulamenta a criação de novos municípios e está para ser votado na Casa esta semana. De acordo com o parlamentar, a formação de novas unidades federativas não se reverterá em benefício à população e terá impacto na divisão de recursos do Fundo de Participação dos Municípios.
 

“Os recursos, que já são poucos, ficarão ainda menores com mais municípios para entrar na divisão. Nesse momento, não há razão para criar mais despesas públicas com novos municípios”, afirmou Tadeu. O deputado havia votado a favor da tramitação da proposta em regime de urgência em razão de um acordo entre os partidos. Mas não houve, na ocasião, compromisso de apoiar seu mérito. “Sou crítico à medida num momento de crise e da necessidade de austeridade como a que vivemos agora”.

O projeto prevê alguns critérios para criação de novos municípios. Entre eles está a necessidade de a população do novo município e do que foi desmembrado ser de, pelo menos, 12 mil habitantes no Nordeste, além de critérios econômicos de sustentabilidade. O texto é igual ao do PLP 397/14, aprovado pela Câmara em junho de 2014 e vetado pela então presidente Dilma Rousseff porque “causaria desequilíbrio de recursos dentro do estado e acarretaria dificuldades financeiras não gerenciáveis para os municípios já existentes”. Hoje, o Brasil tem 5.570 municípios.

O deputado avalia que o momento, com o início da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, é de defender mudanças no Pacto Federativo, com a destinação de mais recursos de arrecadação nas mãos da União para as prefeituras, e não abrir o debate sobre a criação de novos municípios.

A revisão do Pacto Federativo é uma das principais bandeiras do seu mandato. Tadeu critica a concentração de recursos da arrecadação de impostos nas mãos da União, enquanto que os municípios assumem cada vez mais responsabilidades de serviços públicos, como no caso da saúde, mas não recebem proporcionalmente a contrapartida do governo federal para fazer frente a essas demandas.

“Defendo uma distribuição mais justa dos recursos arrecadados com impostos e uma destinação maior de dinheiro para Estados e, principalmente, municípios. Porque é no município que estão os problemas da população. A revisão do pacto federativo é urgente e imprescindível para melhorar os serviços públicos e garantir autonomia aos prefeitos”, avalia.

Por sua atuação em favor da pauta municipalista, Tadeu Alencar recebeu o diploma da Confederação Nacional de Municípios (CNM), colocando-o em 1° lugar entre os parlamentares pernambucanos em compromisso com as causas municipalistas.

Fonte Blog do Elielson Lima.

Comentários (0) e Compartilhar

NE x MG pode ir à pauta de governadores com Gleisi

Publicado em 22/05/2018 às 13h15
Encontro dos Governadores do Nordeste
Encontro dos Governadores do NordesteFoto: Divulgação

Praticamente todos os governadores do PT que a presidente nacional da sigla, Gleisi Hoffmann, reúne amanhã estiveram, na última sexta-feira, no Palácio das Princesas. Na ocasião, além dos gestores do Nordeste, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, chegou a jantar com o governador Paulo Câmara, assim como Wellington Dias (PI) e Rui Costa (BA), na companhia ainda do ex-govrnador Jaques Wagner. Do PT, o nome que não estava foi Tião Viana (AC). Em comum com Paulo Câmara, os governadores do Nordeste guardam as queixas em relação ao governo Michel Temer. Sobre isso, saíram alinhados do encontro e podem, após essa passagem por Pernambuco, mostrarem-se favoráveis a uma articulação que case as composições regionais no Nordeste e em Minas Gerais. Os gestores petistas podem trabalhar em cima dessa ideia junto à dirigente nacional e isso pode contribuir na evolução de um acordo entre PT e PSB. A expectativa existe nos bastidores pelo resultado da reunião, na qual Gleisi também deve reforçar o nome de Lula como Plano A do PT, afastando qualquer hipótese de plano B. Um dia antes de Paulo Câmara reunir os governadores do Nordeste, o governador do Ceará, Camilo Santana, em entrevista ao Estadão, mostrou-se convicto de que o ex-presidente Lula não conseguirá concorrer ao Planalto este ano e defendeu que seu partido apoie Ciro Gomes. Camilo argumentou que "o PT não pode apostar no isolamento suicida". O aceno a Ciro também já partiu de Jaques Wagner e de Wellington Dias, que vê no pedetista "um nome a ser tratado". A tese de apoio a Ciro também tem espaço dentro do PSB, embora o senador Humberto Costa tenha, praticamente, descartado, na última sexta, as chances de o PT apoiar outro nome que não o de Lula no 1º turno. Os governadores, no entanto, que trabalham para arrumar seus palanques, temem o risco de isolamento em função da espera pela situação de Lula e estão em alerta para que esse cenário nacional não contamine as políticas de alianças regionais.

Educação é mote entre Haddad e Paulo
Em Pernambuco, onde desembarca na próxima sexta-feira, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, assistirá a uma apresentação, no Palácio das Princesas, sobre Educação. Haddad tem percorrido estados que considera "vitrines" para compor o plano de governo do ex-presidente Lula. A visita dele ao governador de Pernambuco deve ocorrer entre o final da tarde e início da noite.

Agendado > Após o encontro dos governadores do Nordeste, na última sexta-feira, Haddad telefonou para Paulo Câmara, como a coluna registrou no sábado, visando a marcar a reunião, que já estava nos planos, mas carecia de agenda. 

Acenos > O ex-prefeito está entre os interlocutores de Lula e vem fazendo gestos no sentido de consolidar uma aliança entre PT e PSB.

Lista > Apoiado pelo candidato a deputado estadual, Manoel Jerônimo, José Fabrício Silva de Lima ficou em primeiro na eleição para defensor geral do Estado. Os três nomes mais votados seguem agora para escolha do governador Paulo Câmara.

Reverência > Por proposição do vereador Wanderson Florêncio, a Casa de José Mariano terá solenidade, hoje, às 10h, em homenagem aos 20 anos da Folha de Pernambuco, quando o presidente do Grupo EQM, Eduardo Monteiro, deve ser muito cumprimentado.

Privatização > A deputada Luciana Santos vai à mesa, hoje, com o ministro do TCU, José Múcio Monteiro, tratar da análise do edital de privatização das distribuidoras da Eletrobras. Ela aponta "afronta ao interesse social da Companhia, colocando em risco a manutenção das suas atividades diante de uma conta insanável".

Fonte Folha de PE.

Comentários (0) e Compartilhar

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||