Blog

Distrito de Lages promove Desfile Cívico

Publicado em 24/09/2017 às 15h15

                       Foto: Victor Patrício - Secom/SLM

Neste sábado (23), foi realizada a 32ª edição do Desfile Cívico de São Lourenço da Mata, no Distrito de Lages, Zona Rural do município.

Com quatro horas de duração, o público presente acompanhou o desfile de oito escolas da Rede Municipal, encantando a população que assistia às apresentações.

O prefeito Bruno Pereira prestigiou o evento e falou sobre o previlégio de presenciar mais uma edição do desfile. “É muito gratificante ver o esforço e dedicação de todos os estudantes em proporcionar um momento tão alegre ao público”, contou.

Neste domingo (24), a partir das 14h, será a vez do Distrito de Matriz da Luz, também na Zona Rural, realizar seu Desfile Cívico, encerrando a edição de 2017.

Fonte :Prefeitura de São Lourenço da Mata.

Comentários (0) e Compartilhar

Temer libera um bilhão para parlamentares

Publicado em 24/09/2017 às 14h30

Mal a segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República chegou à Câmara e Michel Temer já reabriu os cofres. Mandou ladrilhar, com o patrocínio do déficit público, a trilha que leva ao funeral das novas acusações. O custo inicial do enterro será de R$ 1,02 bilhão. O dinheiro será usado para pagar emendas que os parlamentares enfiaram dentro do Orçamento da União.

A infantaria legislativa do governo celebra a novidade como um sinal de boa vontade. Mas os aliados de Temer acharam pouco. Realçam que o enterro agora será coletivo: além das acusações contra o presidente, terão de sepultar imputações dirigidas a dois ministros palacianos: Eliseu Padilha e Moreira Franco. Pior: o Planalto exige que a lápide desça sobre a cova tripla numa única votação.

Temer, Padilha e Moreira são acusados de compor a organização criminosa do PMDB. O presidente acumula também a imputação de obstrução da Justiça. Estudo jurídico feito pela assessoria da Câmara a pedido do presidente da Casa, Rodrigo Maia, anota que a votação única para a trinca de denunciados seria o procedimento mais adequado. Ouviram-se fogos no Planalto. Entretanto, auxiliares de Temer ainda temem enfrentar problemas na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Primeiro estágio do funeral, a CCJ é presidida pelo deputado mineiro Rodrigo Pacheco. Embora seja filiado ao PMDB, partido dos encrencados, o personagem revelou-se um correligionário duro de roer no processamento da primeira denúncia, aquela que acusava Temer de corrupção passiva.

À procura de um deputado “independente” para exercer a atribuição de relator, Pacheco ainda não excluiu a hipótese de desmembrar as denúncias: Temer numa votação, os ministros em outra. Para evitar surpresas, Temer talvez tenha que enfiar a mão um pouco mais fundo no bolso do contribuinte.

Fonte :Josias de Souza

 Blog do Magno Martins.

Comentários (0) e Compartilhar

Classificação completa da receita orçamentária no Siops entra em vigor em 2019

Publicado em 24/09/2017 às 13h00

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa a todos os prefeitos, contadores e gestores municipais da área da Saúde, que, para o exercício financeiro de 2018, a classificação por natureza da receita orçamentária constante no rol do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops) não sofrerá alterações em sua totalidade. A nova classificação da receita orçamentária no Siops entrará em vigor somente para o exercício financeiro de 2019.

O alerta foi concedido pela coordenação do sistema, sob responsabilidade do Ministério da Saúde, que ainda destaca que para aqueles usuários que já tenham implantado a nova estrutura de codificação da natureza da receita orçamentária, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) disponibilizou, no mesmo arquivo que contém a nova classificação da receita orçamentária, documento contendo o “DE-PARA” em que consta a classificação anterior – a atual no Siops - para a nova classificação.

A CNM ressalta, portanto, que os gestores devem manter a classificação orçamentária nos moldes atuais, uma vez que as subjunções para a área da saúde, somente sofrerão alterações para o exercício financeiro de 2019.

O documento pode ser acessado aqui

Fonte : CNM.

Comentários (0) e Compartilhar

TV Alepe retoma produção na segunda-feira

Publicado em 24/09/2017 às 11h45
Nova sede da Alepe
Nova sede da AlepeFoto: Henrique Genecy/ Folha de Pernambuco

Após acordo de parceria assinado em julho passado entre a Assembleia Legislativa e a Empresa Pernambuco de Comunicação, entidade estatal responsável pela gestão da TV Pernambuco, a TV Alepe volta ao ar na próxima segunda-feira (25).

Resumo das sessões e outros programas produzidos pela comunicação da Casa serão transmitidos em TV aberta na Região Metropolitana do Recife, pela TV Alepe (canal 28.2), e, no Interior, pela TV Pernambuco.

Com 25 minutos de duração, o programa Plenário Alepe trará, de terça a sexta, um resumo dos debates no plenário, sempre às 8h15, sendo reprisado às 13h30.

O Em Discussão, por sua vez, será veiculado nas segundas, nos mesmos horários do Plenário Alepe, e, em 25 minutos, trará entrevistas com deputados e especialistas sobre temas relacionados ao Legislativo pernambucano e assuntos em discussão na Casa.

Os interprogramas Minuto Alepe e Info Alepe terão a duração de 60 segundos e apresentarão, respectivamente, um resumo dos fatos do dia no Parlamento Estadual, incluindo comissões, audiências públicas e solenes, e informações sobre a agenda, Ordem do Dia, visitas institucionais e publicações no Portal do Legislativo.

Fonte :Blog da Folha de PE.

Comentários (0) e Compartilhar

Para Raul Henry, não há hipótese de candidatura de FBC em 2018

Publicado em 24/09/2017 às 10h30
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Em entrevista ao sociólogo e cientista político Antônio Lavareda no programa 20 Minutos, o vice-governador de Pernambuco e presidente do PMDB estadual, Raul Henry, afirmou que a filiação do senador Fernando Bezerra Coelho ao PMDB foi “absolutamente inadequada, imprópria e desleal” por querer fazer a dissolução do partido estadual. Henry também declarou que não há hipótese do senador sair como candidato ao Governo do Estado em 2018.

Depois de dois meses sendo cortejado pelos Democratas, FBC escolheu os peemedebistas a convite do presidente nacional da sigla, Romero Jucá, que prometeu entregá-lo o comando do partido, tradicionalmente nas mãos do grupo do deputado Jarbas Vasconcelos.

A chegada de FBC ao partido é uma promessa de levar a sigla para a oposição do governador Paulo Câmara (PSB) nas eleições majoritárias de 2018. Apesar da reação dos aliados de Jarbas e Henry desde a filiação, o ex-socialista tem feito movimentos para que o PMDB integre a frente de oposição a Paulo Câmara, encabeçada até agora pelos ministros das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), e da Educação, Mendonça Filho (DEM), além do senador Armando Monteiro (PTB).

Questionado por Lavareda se existe alguma hipótese do PMDB lançar Fernando Bezerra Coelho como governador nas eleições de 2018, o deputado Jarbas Vasconcelos ao Senado e o próprio Henry a Câmara dos Deputados, a resposta foi uma só. “Essa hipótese para nós não existe”, disparou. 

“O debate central da nossa discussão foi o nosso pedido de dissolução do diretório estadual do partido.
O PMDB de Pernambuco foi o que mais cresceu. E se mantendo a integridade do diretório estadual do PMDB, nós não teremos candidato a governador”, disse o presidente do PMDB local.
 

Raul defendeu a aliança do PMDB com o governador Paulo Câmara, além da chapa do socialista com Jarbas Vasconcelos. “Nós defendemos uma aliança com o governador paulo câmara. Sou vice na chapa, o PMDB ocupa três secretarias, o ex-governador já disse publicamente que pretende manter a aliança. A hipótese é manter a aliança com paulo com uma chapa com Jarbas no Senado”, disse.

Aliança com o PT

Em meio aos comentários sobre a possibilidade de o PT e o PSB refazerem a aliança, já houve até jantar na casa da viúva do ex-governador Eduardo Campos, Renata Campos, com a presença do ex-presidente Lula (PT), Paulo Câmara e do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), o vice-governador Raul Hanry afirmou que o PMDB ainda não conversou sobre a questão. 

Lembrando que o deputado Jarbas Vasconcelos tem vaga garantida na chapa com Paulo Câmara para o Senado, pode dividir o palanque com os petistas, seus adversários políticos históricos.

“O que vejo em é uma tendencia muito firme do PT ter um projeto aqui no estado, de ter um candidato próprio no estado. Se a hipótese for outra, se for uma aliança, a gente vai ter que sentar dentro do PMDB pra discutir como tratar esse assunto. Não tenho delegação hoje para expressar uma opinião do partido”, disse.

Fonte :Blog  de Jamildo.

Comentários (0) e Compartilhar

left show fwR|left tsN uppercase fwB|left show fwB fsN uppercase|bnull|||login news fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fwR c15 fsI|b01 c05 bsd|login news c10|tsN normalcase fwR fsI c15 b01 bsd|b01 normalcase bsd c05|content-inner||