Blog

Alunos da Rede Municipal de Ensino participam da Olimpíada Nacional de Ciências

Publicado em 20/08/2019 às 13h00

Na última sexta-feira (16), seis turmas do 9º ano da Rede Municipal de Ensino de São Lourenço da Mata, participaram da 1ª Fase da Olimpíada Nacional de Ciências (ONC). A competição tem como objetivo incentivar o interesse pelo estudo das ciências naturais, já que abrange às áreas de Astronomia, Biologia, Física e Química.

A 1ª fase da ONC, que foi realizada de 15 a 17 de agosto em todo País, deverá ter ser resultado divulgado até o dia 25 deste mês. Para a gestora da Escola Municipal Ministro Apolônio Sales, uma das unidades escolares que participaram da Olimpíada, Gilmara Gomes, a participação na ONC proporcionou aos estudantes e professores novas descobertas.

“Os alunos tiveram que resolver 30 questões, no prazo de três horas. Esse momento é muito importante para alunos e professores, já que trocamos experiências com outras escolas, e também serviu como estímulo para as áreas de estudo e para outras competições, uma vez que muitos jovens procuram aprofundar os temas devido com a competição”, destacou gestora.

Fonte: Prefeitura de São Lourenço da Mata.

Comentários (0) e Compartilhar

Unidade da CNB pode ser aceno ao PSB. Ala de Marília resiste

Publicado em 20/08/2019 às 12h00
Dep. Doriel Barros
Dep. Doriel BarrosFoto: Jarbas Araújo/Alepe

O anúncio de Doriel Barros como cabeça de chapa para concorrer à presidência do PT no Estado representou a unidade da CNB, corrente majoritária do partido, que tem o ex-presidente Lula entre seus membros e o senador Humberto Costa como expoente em Pernambuco. O movimento pode sinalizar também um reforço à tese que já é tendência no grupo: a manutenção da aliança com o PSB em 2020. A construção dessa unidade inclui apoio do deputado federal Carlos Veras, um dos pilares de sustentação do projeto de candidatura própria do partido em 2018, que tinha como protagonista a deputada federal Marília Arraes. Marília segue apoiando o grupo da deputada estadual Teresa Leitão, que ainda trabalha para fechar o nome que encabeçará uma chapa estadual dessa ala. Na última eleição, a CNB saiu fragmentada. Dessa vez, se une focada num propósito e visa a agregar o máximo de tendências possível, inclusive tem o apoio do vereador João da Costa, da corrente Democracia Participativa. A unidade em torno de Doriel não significa automaticamente que o partido não terá candidatura própria em 2020 no Recife, mas é um demonstrativo de que na eleição do ano que vem esse grupo deve estar unido em prol de uma causa comum.

Chances de travessia 
O vereador João da Costa não esteve em Caruaru no seminário estadual onde o nome de Doriel Barros foi aprovado por uma questão pessoal, mas o encontro estava na agenda do vereador, que pode inclusive fazer um a travessia para a CNB. Não está descartado. João tem tido reuniões com o senador Humberto Costa e o assunto já foi à pauta.
 
Em curso > “A gente está junto na mesma chapa, temos discutido. Mas não concluímos esse processo”, explica João da Costa à coluna. “Não nos transformamos em CNB. Estamos na mesma chapa, porque temos muita proximidade política. É um processo a ser construído, um processo político”, completa o vereador.
 
Progressivo > Desde o ano passado, quando se construiu uma aliança interna no PT, João da Costa e Humberto Costa têm tido muita proximidade e trabalhado junto, o que progressivamente vai gerando um campo propício a uma travessia do vereador para a CNB.
 
Bancada da...> Danilo Cabral fez um exame de cintilografia do coração e localizou artérias obstruídas. O resultado foram quatro safenas. A bancada ficou assustada.
 
...cintilografia > Na esteira do caso de Danilo, o deputado federal Augusto Coutinho resolveu fazer o mesmo exame e encontrou duas artérias obstruídas. Já botou dois stents em São Paulo.
 
Zanin > Advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin estará em Pernambuco, hoje e amanhã, por ocasião do 3º Seminário de Direito Penal e Econômico, promovido pela Escola Superior de Advocacia. O evento acontece no auditório da OAB-PE, às 18h30.
 
Anfitrião > O procurador-geral de Justiça de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros, receberá no Estado, de amanhã até sexta-feira, diversas autoridades e operadores do direito. Os convidados participam do primeiro Congresso Nacional de Direito Consensual, que ocorrerá no Centro Cultural Rossini Alves Couto, do Ministério Público de Pernambuco.
 
Pacto > A Procuradoria Geral do Estado reúne o presidente da Câmara Técnica do Colégio Nacional dos Procuradores-Gerais dos Estados, Ulisses Schwarz Viana, e o deputado federal Tadeu Alencar em debate sobre o pacto federativo, hoje, às 14h30. Schwarz falará sobre a defesa judicial do federalismo cooperativo e Tadeu, sobre as perspectivas de um novo pacto federativo. O evento integra as comemorações dos 29 anos da PGE-PE.
 

 Fonte : Folha de PE.

Comentários (0) e Compartilhar

Maior acionista da Oi pede troca de presidente da companhia

Publicado em 20/08/2019 às 11h00
Acionista diz temer futuro da Oi
Paulo Whitaker/Reuters - 15/08/2019
 

A gestora de investimentos GoldenTree Asset Management, maior acionista da Oi, com 14,57% de participação, manifestou preocupação com as finanças da operadora e pediu a troca do presidente executivo, Eurico Teles.

“O conselho deve nomear um CEO (presidente executivo) que possa implementar a reestruturação operacional e buscar as oportunidades de valor agregado descritas pela empresa no seu recém lançado plano estratégico”, escreveu a acionista, numa carta enviada ao conselho de administração.

A carta tem data de 16 de agosto, dois dias após a divulgação do balanço da Oi referente ao segundo trimestre, quando foi revelado que o prejuízo da operadora subiu 24%, para R$ 1,6 bilhão, enquanto o dinheiro disponível em caixa recuou 17,4%, para R$ 4,3 bilhões.

A GoldenTree disse temer que o futuro da companhia esteja seriamente ameaçado por causa de más tomadas de decisões, resultados financeiro e operacional decepcionantes, e incapacidade de melhorar a governança corporativa. “Acreditamos que esses problemas sérios podem ser resolvidos, mas isso exigirá que a diretoria aja imediatamente antes que o dano à Oi se torne irreversível”, afirmou.

Na semana passada, o Estado antecipou que, com a piora nos números da Oi, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) já havia avisado o governo que poderia até intervir na operadora. O diagnóstico da situação da tele, apresentado à Anatel, indicou que o dinheiro em caixa chegou ao “mínimo necessário” e há previsão de que os recursos terminem em fevereiro se nada for feito.

A GoldenTree era uma das maiores credoras da Oi e se tornou um dos principais acionistas após a transformação da dívida em ações, conforme previa o plano de recuperação judicial aprovado no fim de 2017. Na sequência, a gestora participou ainda do aumento de capital de R$ 4 bilhões, no início de 2019.

A GoldenTree reclamou que os resultados financeiros da Oi têm ficado abaixo do projetado no plano de recuperação, e acrescentou que a queda das ações reflete a visão do mercado de que a companhia continuará se deteriorando, a menos que ocorra uma mudança na gestão.

Incapacidade. A GoldenTree citou como exemplo que a previsão da Oi para geração de caixa em 2019 é 25,2% inferior ao projetado no plano e 26,2% menor que o estimado por analistas de mercado no início do ano. Além disso, esse mesmo número da Oi também ficou abaixo que das concorrentes TIM e Vivo.

Em outra crítica, a gestora de investimentos disse estar cética quanto à capacidade da atual administração em vender ativos considerados não estratégicos, como as ações da Oi na operadora angolana Unitel.

“Apesar do otimismo expresso pela administração, temos uma preocupação significativa com a capacidade de gerar liquidez, pois não houve um progresso tangível reportado sobre essas negociações”, afirmou.

Embora o GoldenTree não tenha citado nomes na sua carta, o principal cotado como substituto de Teles é Rodrigo Abreu, que passou a compor o conselho de administração da Oi no ano passado. O nome de Abreu já foi submetido ao juiz da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, Fernando Viana, pelo presidente do conselho, Eleazar de Carvalho, segundo fontes. Abreu é ex-presidente da TIM e atual presidente da Quod, empresa de análise de crédito dos cinco maiores bancos do País.

Fonte :As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários (0) e Compartilhar

Vereadores servirão de cobaia

Publicado em 20/08/2019 às 10h00

Sobrou para os vereadores o papel de cobaia na eleição do ano que vem quando será testado o fim das coligações proporcionais. Um duro golpe para os atuais parlamentares municipais, que enfrentarão muito mais dificuldades para emplacar um mandato. Tudo porque acabam os chapões e chapinhas e só sobreviverão os candidatos que estiverem em partidos que alcancem o coeficiente eleitoral.

No caso do Recife, por exemplo, cujo cociente é de 23 mil votos, o partido em disputa tem que atingir os 23 mil para eleger o primeiro e 46 mil o segundo e vai por aí afora. Qual legenda tem tamanha capacidade para botar tantos votos no balaio? Os grandes? Dependendo da chapa, talvez.

Mas os pequenos serão esmagados. Na prática, o fim das coligações foi concebido pelo Congresso para tirar o mandato de muitos vereadores de partidos nanicos no Brasil. Desafio aos deputados repetirem o mesmo modelo para eles em 2022. Não dão tiro no pé.

Saída é a fusão – Em entrevista ao Frente a Frente de ontem, o professor e cientista político Maurício Romão detalhou as mudanças nas eleições proporcionais de 2020. Segundo ele, mais de 70% dos partidos não têm condições de atingir, isoladamente, o cociente eleitoral. A saída já começa a ser colocada em prática: a fusão de partidos. PSL e PRTB já estão discutindo essa possibilidade.

Reprovação – O ex-prefeito de Itapissuma, Cal Volia (PP), sofreu uma derrota, ontem, na Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado, que reprovou e recomendou à Câmara do Município a manter a rejeição das contas dele referentes ao exercício financeiro de 2016. É acusado de fazer repasse do duodécimo acima do valor e extrapolar o limite com despesas de pessoal.
 

A pão e água – Não é só o prefeito de Gravatá, Joaquim Neto (PSDB), no bloco de oposição ao Palácio das Princesas, que tem resmungado do tratamento discriminatório do governador Paulo Câmara (PSB). Em Ipojuca, a prefeita Célia Sales (PTB) não tem visto a cor do dinheiro do Estado em parcerias, segundo o secretário de Governo, Romero Sales, esposa da gestora.

Ramal do Agreste – O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, garante que o Governo Bolsonaro já liberou R$ 290 milhões para avançar com as obras do Ramal Agreste da Transposição em direção à adutora do Agreste, numa extensão de 70 km, para levar água a 68 municípios.

Missa – Familiares, amigos e correligionários do ex-deputado Antônio Mariano participam, hoje, às 19 horas, na Igreja dos Manguinhos, na Rui Barbosa, da missa pelo transcurso do primeiro ano da sua morte. No mesmo horário, também haverá missa na Catedral de Afogados da Ingazeira, sua terra natal.
 

GASODUTO – Uma boa notícia para Limoeiro, no Agreste Setentrional: o prefeito Joãozinho (PSB) deixou, ontem, o gabinete do presidente da Copergás, André Campos, informado que os estudos para implantação do gasoduto de Glória de Goitá a Limoeiro serão iniciados brevemente.

Perguntar não ofende: Por que as frentes de vereadores não pressionam o Congresso a mudar o sistema eleitoral do fim das coligações?

Fonte : Blog do Magno Martins.

Comentários (0) e Compartilhar

Bolsonaro assina MP que transfere Coaf para o Banco Central

Publicado em 20/08/2019 às 09h00

Bolsonaro assinou Medida Provisória nesta segunda-feira (19)  / Foto: Marcos Corrêa/PR

Bolsonaro assinou Medida Provisória nesta segunda-feira (19)

Foto: Marcos Corrêa/PR
JC Online e ABr
 
Com informações do UOL
 

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou, na noite desta segunda-feira (19), a Medida Provisória que transfere o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Economia para o Banco Central. A informação foi repassada pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, ao UOL.

De acordo com o ministro Jorge Oliveira, a mudança será publicada na edição regular do Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (20) e contemplará apenas a transferência do órgão, sem novo presidente.

Coaf vai mudar de nome

O Coaf vai mudar de nome. O conselho passará a se chamar "Unidade de Inteligência Financeira".

Antes da assinatura da MP, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, afirmou que Bolsonaro conversou sobre a transferência tanto com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, quanto com o chefe da pasta da Economia, Paulo Guedes.

Combate à corrupção

De acordo com o porta-voz, o Coaf será uma “unidade de inteligência financeira” que não perderá o caráter colaborativo com outros órgãos e manterá o perfil de combate à corrupção. “Essa mudança não inviabilizará esse combate tão importante. Foi dentro desse contexto que o presidente fez, por meio do assessoramento dos ministérios da Economia e da Justiça, essas pequenas modificações a fim de, posicionando essa unidade de inteligência financeira, obter dela a mais eficiente e eficaz ação”, disse.

Criado em 1998, no âmbito do Ministério da Fazenda, o Coaf é uma órgão de inteligência financeira do governo federal que atua principalmente na prevenção e no combate à lavagem de dinheiro.

A reforma administrativa do governo do presidente Jair Bolsonaro previa a transferência do conselho para o Ministério da Justiça e Segurança Pública. A medida, no entanto, foi rejeitada pelo Congresso Nacional, que manteve o órgão subordinado ao Ministério da Economia.

Fonte :JC.

 

Comentários (0) e Compartilhar

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||