Blog

Oposição mira café com Bolsonaro. Paulo janta com Maia e Alcolumbre

Publicado em 19/02/2019 às 14h00
Renata Bezerra de Melo
Renata Bezerra de MeloFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

O assunto vai ser levado à bancada do PSB, hoje, às 15h. Os socialistas devem debater a viabilidade da agenda. O líder do PSB na Câmara Federal, deputado Tadeu Alencar, foi convidado pelo líder do governo para um café da manhã que o presidente Jair Bolsonaro comandará com líderes partidários na quinta-feira. Major Vitor Hugo telefonou para o socialista para fazer o referido convite. Tadeu se colocou à disposição, mas vai consultar os correligionários. “Eu disse a ele que a gente tinha disposição de participar, mas que, naturalmente, iria ouvir a nossa bancada”, observa Tadeu. “Nós temos disposição de discutir o assunto, vamos discutir. Eu não sei quem foi convidado, quem não foi, se toda oposição foi convidada. Se não foi, por que não foi?”, pondera Tadeu. Em outras palavras, sabe-se, na oposição, que os líderes do PSB e do PDT foram convocados. Tadeu não considera razoável, no entanto, uma ala apenas abrir esse diálogo com o governo, sob risco de parecer que está se julgando mais “palatável” que outra ou de gerar um mal-estar entre oposicionistas. “A gente precisa ter atitude contributiva, sabendo que nosso papel é de fazer parte do debate, mas que a gente tenha realmente a possibilidade de envolver mesmo a oposição nesse debate porque é um debate que interessa a todo País”, realça o parlamentar. O encontro dos líderes com Bolsonaro deve ocorrer um dia depois de o ministro Paulo Guedes apresentar a Reforma da Previdência aos governadores, o que ocorrerá amanhã. Como a coluna antecipou, os governadores foram chamados ainda para um jantar na residência oficial do Senado, marcado para hoje. O governador Paulo Câmara recebeu convite, na sexta, assinado pelo gestor do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. Já desembarcou, ontem, em Brasília. Ibaneis promove o encontro junto com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. O "jantar de confraternização" será, às 20h, na Residência Oficial da Presidência do Senado. O governador de Pernambuco estará presente no que deve ser uma prévia da apresentação da proposta de Reforma da Previdência, diálogo que interessa e muito aos Estados.

Nas mãos de Maia

Após o imbróglio envolvendo a lideranças da Minoria, o deputado federal Tadeu Alencar cogitou judicializar a questão. Ontem, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, ele disse que tudo depende da forma como Rodrigo Maia vai receber a proposta de criar estrutura para liderança da Oposição.

Para inglês ver > “A liderança dos partidos já tem seus assessores, a de Oposição também precisa. Ou, então, acaba”, argumenta Tadeu e questiona: “Para que duas lideranças de oposição, se uma é para inglês ver?”

Chão de... > As reuniões de monitoramento do PSB deixaram de ser apenas um modelo de avaliação discutido no “habitat” dos gabinetes. O desempenho da agenda econômica tem sido mensurado in loco, no chão de fábrica.
 
...fábrica > No último sábado, o governador Paulo Câmara reuniu o núcleo duro do seu secretariado, além da vice Luciana Santos, para visitar a linha de produção do Grupo Petrópolis, dono da Itaipava. Também, pudera: foi R$ 1,4 bilhão investido pela cervejaria de Walter Faria, desde a inauguração em 2015.
 
Veteranos e novatos > No grupo que percorreu a fábrica de Itapissuma, estavam novatos como Bruno Schwambach (Desenvolvimento Econômico) e “veteranos” como Décio Padilha e Márcio Stefanni. Vale lembrar que, recentemente, Paulo fez o mesmo ao levar seus secretários ao canteiro de obras da Aché, em Suape. Lá, o investimento ultrapassa R$ 500 milhões.

 

Fonte :Folha de PE.

Comentários (0) e Compartilhar

José Humberto Cavalcanti assume Escola do Legislativo de Pernambuco

Publicado em 19/02/2019 às 13h00

                                    José Humberto Cavalcanti e presidente Eriberto Medeiros

No intuito de investir na profissionalização do legislador pernambucano e estreitar relações entre as escolas do Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça e demais órgãos, o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado Eriberto Medeiros (PP), terá o ex-deputado estadual José Humberto Cavalcanti como superintendente da Escola do Legislativo (Elepe). A designação aconteceu na tarde desta segunda-feira (18).

Durante seus três mandatos, Cavalcanti já passou pelas presidências das comissões de Justiça, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, já foi secretário da Prefeitura do Recife e dirigiu o Prodetur e o Detran-PE.  O ex-deputado coronel Sebastião Rufino, que esteve à frente do cargo por diversos anos, registrou passagem destacada pelo Presidente por ser excelente gestor e servidor público estadual de carreira.

A experiência como legislador será necessária ao novo superintendente, pois a Escola Legislativa precisa, na visão do presidente, estreitar a relação com as câmaras de vereadores e prefeituras dos municípios do Estado. “Nossa prioridade é garantir a formação continuada dos vereadores, prefeitos e servidores municipais, além de todos aqueles que compõem o parlamento estadual, para que a população ganhe com um Legislativo cada vez mais atuante”, afirmou Medeiros, frisando que a educação à distância é um caminho, mas a ideia é que a Alepe possa se interiorizar.

Fonte: Blog Ponto de Vista.

Comentários (0) e Compartilhar

Gustavo Bebianno se foi mas a crise no governo continua

Publicado em 19/02/2019 às 12h00

Durou exatamente uma semana a maior, mais artificial e mais desnecessária crise política do governo Jair Bolsonaro, que tem apenas 50 dias de existência. A crise se originou de uma matéria publicada pela “Folha de São Paulo”, no domingo, dia 10, segundo a qual o PSL, partido do presidente da República, havia financiado as campanhas políticas de duas “candidatas-laranja” em Pernambuco. Uma recebeu 400 mil e a outra 250 mil para bancar suas campanhas eleitorais. Maria de Lourdes Paixão, que se candidatou a deputada federal, obteve apenas 287 votos e Erika Siqueira Santos, que se candidatou a deputada estadual, 1.315. Como ambas são assessoras do deputado federal e presidente nacional do partido, Luciano Bivar, é óbvio que coube ao parlamentar fazer a solicitação dos recursos, por dois motivos. Primeiro, porque o diretório de Pernambuco também tinha direito a recursos do fundo eleitoral. Segundo, porque os partidos têm que destinar, obrigatoriamente, 30% dos recursos do fundo para candidatas do sexo feminino. Bebiano foi acusado de favorecer “candidatos-laranja” no país inteiro como se tivesse obrigação de saber a composição das chapas do partido nos 27 estados da federação. Resultado: foi humilhado publicamente pelo vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, que o chamou de “mentiroso”, e ontem finalmente exonerado por Bolsonaro após ficar cinco dias na “frigideira”. Bebiano se foi, deixando a imagem de um homem íntegro e de fácil diálogo com o Congresso Nacional, ao passo que a crise ficou no Palácio do Planalto: os filhos do presidente Eduardo, Flávio e Carlos, que nada fizeram até agora para ajudar o pai, e muito menos o país. São três “arranja-encrenca” que, se não forem rapidamente silenciados, ainda vão dar muito trabalho ao governo.

Reconhecimento tardio

Poucos minutos após o porta-voz do Planalto, general Rêgo Barros, anunciar a exoneração de Gustavo Bebiano, Bolsonaro divulgou um vídeo reconhecendo que o ex-ministro “foi importante para o êxito da campanha”. Se isso é verdade, por que o demitiu?

Facada nas costas

Bolsonaro disse também que “pode ter havido incompreensões de parte a parte”, mas reconhece “a dedicação e o comprometimento do senhor Gustavo Bebiano”. Na verdade, o presidente apunhalou o ex-auxiliar, pelas costas, ignorando que foi ele que o levou para o PSL e comandou a campanha do inicio ao fim.

Pela família

Dizer-se “defensor da família” foi a tática utilizada por muitos candidatos, inclusive Jair Bolsonaro, para eleger-se em 2018. Ontem, ao fazer sua estreia na Alepe, o deputado Delegado Lessa (PP) declarou-se defensor da segurança pública, da transparência, do combate à corrupção “e dos valores da família”.

No lugar de Boechat

O jornalista Eduardo Oinegure, que já foi correspondente da “Veja” no Recife, substituiu Ricardo Boechat na Rádio BandNews FM. Ele entrevistou ontem os ex-presidentes Michel Temer e Fernando Henrique Cardoso.

Todo cuidado é pouco

FHC disse a BandNews FM que “amigos, família, tudo isso é problemático para quem está no governo” e que, à frente da Presidência da República, “sempre procurei esvaziar crises. Eu dizia que a crise entrava grande no meu gabinete, e saía pequena”.

Fonte :Blog de Inaldo Sampaio.

Comentários (0) e Compartilhar

Em Pernambuco, PF apura fraudes de convênios no Ministério do Turismo e no Sistema S

Publicado em 19/02/2019 às 11h00
Foto: Polícia Federal
                               Foto: Polícia Federal 

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (19), a Operação Fantoche, que apura fraudes em convênios e contratos de empresas sem fins lucrativos com o Ministério do Turismo e unidades do Sistema S. Segundo as investigações da PF, contratos de publicidade e de eventos culturais eram superfaturados ou executados parcialmente e os recursos eram depois desviados para empresadas de fachada.

De acordo com a PF, as empresas eram pertencentes à uma mesma família e atuam desde 2002 executando contratos firmados por meio de convênios com o ministério e a entidades do Sistema S. Ainda segundo as investigações, estima-se que o grupo tenha recebido mais de R$ 400 milhões graças a esses contratos.

Na ação deste terça (19), estão sendo cumpridos 40 mandados de busca e apreensão e 10 mandados de prisão temporária em Pernambuco, Minais Gerais, São Paulo, Paraíba, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Alagoas.

As medidas foram determinadas pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco, que também autorizou  o sequestro e bloqueio de bens e valores dos investigados, que ainda não tiveram os nomes revelados. A PF vai realizar coletiva de imprensa às 10h, na Superintendência do órgão, para dar mais detalhes.

Fonte : Blog de Jamildo.

Comentários (0) e Compartilhar

Os players de peso para 2022 em Pernambuco

Publicado em 19/02/2019 às 10h00
Recém-encerrado o processo eleitoral de 2018 com a segunda vitória de Paulo Câmara sobre Armando Monteiro, há um sentimento generalizado no meio político sobre os nomes que efetivamente sonham com o Palácio do Campo das Princesas. Tanto na base governista quanto na oposicionista, há atores que terão prevalência na equação da disputa de 2022 sem esquecer de que o cenário da eleição estadual receberá forte influência da disputa municipal de 2020.

Nas hostes governistas surgem pelo menos dois nomes com envergadura para disputar a sucessão de Paulo Câmara, o primeiro deles é Geraldo Julio que terá em 2020 um grande teste para chegar vivo no PSB e na Frente Popular. Ele surge como nome natural se fizer o sucessor no Recife, pois é um prefeito bem-avaliado e tem capital político para sonhar com o Palácio do Campo das Princesas.

O segundo nome trata-se do senador Humberto Costa, um dos grandes vitoriosos de 2018 que sempre sonhou em governar Pernambuco. Uma vez candidato em 2022 não teria absolutamente nada a perder pois estaria no meio do seu mandato de senador e poderia contribuir com o PT na construção nacional de 2022 garantindo ao partido um palanque em Pernambuco. Resta saber se Humberto teria coragem de findar sua aliança com o PSB alinhavada em 2018 que lhe garantiu mais oito anos no Senado Federal.

Já no âmbito oposicionista pelo menos dois nomes surgem como possibilidades bastante efetivas para a disputa pelo Palácio do Campo das Princesas. O primeiro deles é o senador Fernando Bezerra Coelho que por duas vezes, 2014 e 2018, bateu na trave de disputar o governo, e teria em 2022 a sua última chance de tentar governar Pernambuco. Ele só não será candidato em 22 se a conjuntura lhe for extremamente desfavorável, mas ainda assim não teria nada a perder, pois o risco de disputar o governo seria o mesmo de tentar a reeleição para o Senado.

O segundo nome da oposição é o prefeito Anderson Ferreira, de Jaboatão dos Guararapes, que terá em 2020 o grande teste para as eleições de 2022. Uma vez reeleito, Anderson abdicaria de mais dois anos como prefeito da segunda cidade mais importante de Pernambuco para tentar o Palácio do Campo das Princesas. Em política as coisas mudam como as nuvens, mas até segunda ordem, Anderson Ferreira, Fernando Bezerra Coelho, Geraldo Julio e Humberto Costa surgem como os principais nomes para tentar o governo de Pernambuco em 2022.

Silvio Costa Filho – O deputado federal Silvio Costa Filho, que vez por outra tem seu nome lembrado para disputar a prefeitura do Recife em 2020, também poderá integrar a disputa de 2022 pelo governo de Pernambuco. Presidente estadual de um partido robusto, que é o PRB, Silvio poderia abdicar de 2020 na condição de entrar no pleito de 2022.

Fernando Monteiro – Reeleito com uma expressiva votação, o deputado federal Fernando Monteiro, que exerceu o mandato na legislatura passada na condição de suplente, está muito animado com o segundo mandato que está fazendo em Brasília. O parlamentar, que vive há muito tempo na capital federal, já se ambientou no Congresso Nacional e soube se fortalecer muito com as relações que construiu.

Alerta – A confusão envolvendo o prefeito Demóstenes Meira, de Camaragibe, serve de alerta para prefeitos e demais autoridades, que utilizam frequentemente as redes sociais. A exposição negativa pode tomar proporções que trarão prejuízos incalculáveis. Prudência no que é escrito ou falado nas redes sociais é sempre importante para quem não quer ter prejuízos políticos junto à sociedade.

Demissão – Somente no final da tarde de ontem o Palácio do Planalto oficializou a demissão de Gustavo Bebbiano da equipe ministerial do presidente Jair Bolsonaro. Foram oferecidas posições de destaque como um cargo em Itaipu ou na embaixada em Roma, mas Bebbiano não aceitou. A expectativa agora recai sobre o day after da saída do agora ex-ministro que poderá ter um efeito devastador para o governo Bolsonaro.

RÁPIDAS

Atencioso – O secretário de Turismo de Pernambuco, Rodrigo Novaes, tem recebido elogios de prefeitos pela forma como tem se relacionado com os gestores. Rodrigo tem telefonado pessoalmente para os prefeitos colocando-se à disposição para tratar das demandas dos municípios. Um prefeito que recebeu a ligação elogiou o secretário e disse que nunca tinha visto algo parecido no estado.

Palestrante – O ex-deputado federal Silvio Costa deverá intensificar ao longo de 2019 a realização de palestras por todo o Brasil. Com a experiência de doze anos na Câmara dos Deputados, tendo sido um dos expoentes do processo de impeachment defendendo a ex-presidente Dilma Rousseff, Silvio falará sobre o cenário político nacional durante os eventos que for convidado.

Inocente quer saber – O prefeito de Paulista, Junior Matuto, voa em céu de brigadeiro para fazer o sucessor em 2020?

Fonte : Blog Edmar Lyra.

Comentários (0) e Compartilhar

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||