Conhecido na tropa da Polícia Militar como um verdadeiro ‘selva’, o coronel Meira lançou sua pré-candidautra a governador em Pernambuco com dois objetivos claros. O primeiro, bater de frente com o discurso da insegurança no Estado e apontar uma saída para essa crise governamental.

O segundo objetivo é montar palanque ao presidenciável e também militar Jair Bolsonaro. Alinhando assim nacionalmente o discurso da direita e implantar a ideia de quem será a saída pra todas as crises. Sem esquecer, que ele vai também aproveitar a crise na imagem dos políticos carreiristas, os quais a população mostra uma clara insatisfação.

O coração da ideia de projetar Meira como candidato nasceu na cabeça de Álberisson Carlos presidente da ACS e pré-candidato à federal. Para alimentar esses objetivos já relatados aqui.

Por fim, com a postulação de Meira a direita em Pernambuco apresenta um nome forte. Até porque sua história na PM não foi do dia pra noite, ele foi responsáveis por alguns episódios emblemáticos na corporação quando comandou o Batalhão de Choque, quando esteve à frente da segurarão do Metrô e o mais conhecido quando enfrentou de punho firme as torcidas organizadas.

Estreia – Por falar no Coronel Meira, ele esteve em Carpina na última quinta e estreou na imprensa no Programa Ponto a Ponto do comunicador Carlos Peruca. Ainda na cidade ele se reuniu com o grupo da Direita Mata Norte e teve uma recepção calorosa, inclusive de militares.

Na telona – Ontem, o pré-candidato ao Senado, Antônio Souza  (PROS), exibiu um curta metragem sobre sua vida no Cinema do Shopping Recife. Em evento muito prestigiado, o curta mostrou as dificuldades dos primeiros anos de vida do empresário e político. A película tem como título: “A Comovente História de Superação de Antonio Souza”, produzido pela Holanda Comunicação.

Rápidas

Crescimento do PP – O presidente do PP em Pernambuco, Eduardo da Fonte está comemorando o feito de suas articulações nos bastidores. A bancada na Assembleia Legislativa sai de seis parlamentares para catorze.

Salvação – Com o ingresso na sigla Progressista, o deputado federal Marinaldo Rosendo praticamente bota o pé na reeleição. Se permanecesse no PSB ele iria travar uma disputa muito dura com chances claras de não voltar ao mandato.

Fazendo contas (Parte 1) – O deputado estadual André Ferreira circulou e foi muito cumprimentado na pre-estreia do filme de Antônio de Souza. Em conversa com a imprensa ele apresentou as contas do seu partido na Alepe, segundo ele poderá fazer até 7 deputados na eleição de outubro. Ainda listou: Guilherme Uchoa, Manoel Ferreira, Wanderson Florêncio, Clarissa Tercio, Alberes Lopes e os dois de Carpina, Carla Lapa e Diogo Prado.

Fazendo contas (Parte 2) – Quem também já fez suas contas pessoais foi o ex-prefeito do Recife, João Paulo. A sua ida para o PCdoB não foi atoa e poderá está entre os três mais votados.

Chapa Fechada – Em João Alfredo, o presidente do PT, Tato Mendes apoiará Diogo Prado (PSC) e Milton Coelho (PSB)  e deferente a candidatura de Marília Arraes para governadora. Ele é sobrinho do ex-prefeito Sebastião Mendes.

Pinga-fogo: Garantido no Senado, será que André vai ceder e levar o PSC para o chavão da Frente Popular?

Fonte :Blog do Elielson Lima.