A estratégia do PT pode levar Haddad para o segundo turno

Publicado em 12/09/2018 às 10h00
Coluna da quarta: A estratégia do PT pode levar Haddad para o segundo turno

O roteiro escrito pelos petistas vem dando certo até agora. Depois de ser barrado em todas as estâncias, o ex-presidente Lula e a cúpula do PT decidiu sacar do bolso a segunda etapa do script e lançar o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad como candidato a presidente.

Já nas primeiras pesquisas o agora candidato do PT já aparece empatado com Geraldo Alckmin e Marina Silva, mostrando claramente que a vinculação de sua imagem a do ex-presidente Lula impulsionou seu nome diante do eleitorado brasileiro e tirando até da fase de desconhecimento de muitos.

O PT tem exatamente 26 dias para projetar Haddad e colocá-lo no segundo turno. Ele terá pela frente primeiro o desafio de superior e se diferenciar da candidatura de Ciro Gomes (PDT), que absolveu em pouco tempo o eleitorado lulista. Enfim, o planejamento que os petistas fizeram até agora vem dando certo, pelo menos segundo as pesquisas, vamos aguardar se as urnas refletirão isso!

Favoritismo – A nova rodada da pesquisa Ipespe apontou o favoritismo do governador Paulo Câmara na eleição deste ano, ele abriu 10 pontos diante do segundo colocado, o senador Armando Monteiro. Na mesma pesquisa apresenta uma largada mesmo que apertada de Jarbas e Humberto na corrida pelo Senado.

Alfinetou – No Roda Viva, Paulo Câmara alfinetou o candidato Maurício Rands diante suas críticas no guia, “ele passou muito tempo fora, acho que não sabe o que fizemos aqui”. Chegou a ser dito que Rands era uma linha auxiliar do governador, parece que não é bem assim!

Porta fechada – Ainda no Roda Viva, questionado sobre a possibilidade de um retorno do senador Fernando Bezerra a Frente Popular, o governador foi enfático: “vou governar com quem está comigo em 2018”.

Rápidas

Secretariado – Em Caruaru, A Fernando Silva deixa a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH). Quem assume a pasta é a secretária Perpétua Dantas, que deixa a Secretaria de Políticas para Mulheres, passando a ser comandada por Juliana Gouveia, ex-gerente de Cidadania e Qualidade de Vida da mesma secretaria.

Articulador nato – O deputado federal Eduardo da Fonte, presidente do Partido Progressista em Pernambuco, vem ganhando dimensão por sua capacidade de articulação. Entre os correligionários ele é tido como muito jeitoso diante dos problemas mais diversos.

Pinga-fogo: Será que Jarbas Vasconcelos precisaria se render tanto ao PT para vencer a eleição?

Fonte : Blog do Elielson Lima.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||