A evolução eleitoral de Paulo Câmara

Publicado em 10/05/2018 às 08h45
Coluna da quinta: A evolução eleitoral de Paulo Câmara

Durante os últimos três anos todo tipo de análise feita sobre a possibilidade do governador Paulo Câmara emplacar o projeto de reeleição era colocado como algo intangível, quiçá impossível. Como diz o ditado: na política, até boi voa! O socialista conseguiu contrariar todos os prognósticos e com seu jeito técno de ser conseguiu iniciar um processo político sem o seu principal ‘guru’ e criador Eduardo Campos.

Primeiro, com o discurso do equilíbrio financeiro, da atração de indústrias, da folha de pagamento rigorosamente em dia – enquanto estados vizinhos atrasam -, Câmara fez o dever de casa para se posicionar e tentar passar novamente pelo crivo da população.

Ele conta com o fator que a sombra de Eduardo ainda o alavanca para mais uma disputa, atrelado ao peso de sua caneta e articulações políticas que o fazem entrar no páreo novamente. Sem contar uma pitada de sorte que o principal grupo de oposição ainda não conseguiu entrar em um consenso do nome que disputaria contra o socialista.

Quem poderia fazer medo era a postulação de Marília Arraes (PT), porém o PT voltará de toda forma para o ninho socialista, rifando a vereadora e garantindo a força de Lula no palanque de Paulo. Confirmando mais uma vez a evolução eleitoral que Câmara conseguiu fazer em pouquíssimo tempo.

Causou – Ao receber a visita da vereadora do Recife e pré-candidata a governadora, Marília Arraes (PT) no plenário da Câmara, o deputado federal Silvio Costa (Avante), bateu forte na possível aliança do PT e PSB em Pernambuco, chamou de ‘antidemocrático’. Além de enaltecer o nome da neta de Arraes e sua desenvoltura nas pesquisas.

Agenda – Depois de debate a Nova Lei de Licitação no sul do país, o deputado federal Augusto Coutinho (SD), que preside a a Comissão Especial sobre o tema na Câmara dos Deputados, realiza amanhã, o Seminário Regional para discutir essa nova lei na Assembleia Legislativa do Estado, a partir das 9

Rápidas

Desistiu – Com esse imbroglio do MDB em Pernambuco, o suplente de deputado e ex-secretário executivo de Turismo do Estado, Gustavo Negromonte ficará de molho na eleição deste ano. Ele decidiu não disputar o pleito para se manter leal ao seu tio Jarbas Vasconcelos e a manutenção de sua filiação ao MDB.

Clima – No buraco frio da Alepe, deputado de oposição que hoje esta no bloco das oposições confidenciou que se seu grupo não tiver no segundo turno, ele votará em Marília. ‘Só não quero Paulo de novo’, deixando claro que o bloco conta com a candidatura de Marília para levar a eleição para dois turnos.

Economia – A nossa coluna semana de economia entra no ar sempre a partir das 7h da manhã. Assina pelo renomado economista Fábio Almeida trará mais uma reflexão importante sobre o contexto sociopolítico e econômico nacional.

Destaque – O ex-vereador de Nazaré, Rostand Negromonte conseguiu emplacar seu nome nos bastidores da política estadual. Depois de 3 mandatos consecutivos de vereador sem nunca ter perdido uma eleição e chefiar o gabinete de João Negromonte, Gustavo Negromonte. Rostand agora recebeu o convite do deputado Alberto Feitosa mostrando sua competência e capacidade de articulação. 

Pinga-fogo: Com os processos eleitorais, o grupo do ex-prefeito Nicodemos terá força para lançar um nome em Feira nova?

Blog do Elielson Lima.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||