A Oposição procura um novo líder em Pernambuco

Publicado em 30/10/2018 às 19h00

Coluna da terça: A Oposição procura um novo líder em PernambucoPassado o segundo turno da eleição presidencial uma reflexão entra na pauta da Oposição em Pernambuco, quem será o novo líder anti-Palácio? Depois da segunda derrota consecutiva para governador, Armando Monteiro ficou muito enfraquecido, sobretudo por está fora do mandato e sem nenhuma perspectiva de uma nova candidatura.

Dois grupos (famílias) saíram fortalecidos da eleição no campo da oposição, os Ferreiras e os Coelhos. Comandando a segunda maior cidade do Estado e elegendo uma bancada sólida na Alepe e um federal, os Ferreiras têm tudo para assumir essa liderança ora vacante. Anderson Ferreira, jovem político, comanda Jaboatão após uma eleição contra duas máquinas poderosas (Estado e Prefeitura), conseguiu emplacar o retorno do seu pai para Alepe e eleger seu irmão André Ferreira federal. Sem esquecer que Fred Ferreira – cunhado – disputou a vice com Armando. Além de ser um verdadeiro showman nos palanques. Falando agora em 2018, mesmo o voto evangélico ter se exaurido em muitos candidatos tradicionais desse segmento, o Grupo Ferreira foi na contramão e ampliou seu eleitorado.

Nessa disputa interna também figura o senador Fernando Bezerra Coelho que tem o filho governando Petrolina principal cidade do interior do Estado, o outro federal e agora o mais novo eleito estadual. Um verdadeiro sucesso eleitoral, além do que ele foi poupado da derrota de Armando por sua discrição e inércia diante da corrida eleitoral que ele sonhava disputar na cabeça da chapa.

Por fim, não pode-se deixar de lado lideranças jovens em ascensão como Daniel Coelho, Silvio Costa Filho e Priscila Krause. Como também não pode ser desprezado o nome de Mendonça Filho, mesmo perdendo a disputa pelo Senado, se voltar a Esplanada dos Ministérios no governo Bolsonaro tem grande chance de se fortalecer no Estado.

De olho em 2020 – Em entrevista ao Blog e ao Ponto Ponto, o prefeito de Paudalho Marcelo Gouveia deixou claro que seu grupo político ‘vai sentar a mesa’ para discutir e entrar na eleição municipal em Carpina. O grupo Gouveia na cidade “têm de vereadores de mandato, vice-prefeito, suplentes e futuros candidatos”, cravou. A sua boa aprovação na gestão em Paudalho e a eleição de Gustavo Gouveia para estaudal aumenta essa força na cidade vizinha.

Liderança – Com a saída do deputado Silvio Costa Filho para federal liderança da Oposição na Assembleia deve cair no colo da deputado Priscila Krause. Ela tem sido uma voz forte e firme contra o Governo e tem muita experiência para conduzir  essa bancada, que por sinal tem muitos novatos.

Rápidas

Voto – O deputado estadual eleito Gustavo Gouveia anunciou se Eriberto Medeiros se confirmar candidato a reeleição na presidência da Alepe poderá contar com seu voto pessoal.

Terceira via – Comentam-se nos bastidores da política que o empresário Glebinho Amorim poderá disputar a Prefeitura de Lagoa do Carro em 2020. O empresário teria sido incentivado por políticos importantes no Estado.

Saída – Mesmo se posicionando pela candidatura de Haddad nos dois turnos, Paulo Câmara terá uma saída para buscar aproximação do novo presidente Bolsonaro, Luciano Bívar deverá ser escalado para fazer essa ponte.

Pinga-fogo: Mendonça Filho será convidado a voltar ao comando do Ministério da Educação?

Fonte: Blog do Elielson Lima.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||