A vantagem de Paulo Câmara em números

Publicado em 13/09/2018 às 14h00

De acordo com o Ipespe divulgado pela Folha de Pernambuco, o governador Paulo Câmara teria 35% das intenções de voto contra 25% de Armando Monteiro e apenas 7% dos demais candidatos, brancos, nulos e indecisos formam 23% dos entrevistados e a margem de erro é de três pontos percentuais.

O Ipespe corroborou o Ibope e Datafolha que apontaram uma vantagem de nove pontos percentuais de Paulo Câmara em relação a Armando Monteiro, que surge em segundo lugar nas pesquisas. O mesmo levantamento apontou um dado que até então era motivo de comemoração dos defensores de Armando que é a rejeição. Se havia uma diferença significativa nos levantamentos anteriores, o Ipespe apontou que Paulo Câmara tem 48% de rejeição, mas Armando Monteiro também viu sua rejeição praticamente igualar com a do governador, com 46%, o que tira o discurso oposicionista que Paulo é muito rejeitado e que Armando não é.

Pois bem, quando se transforma os números do Ipespe em votos válidos, que é a contabilidade do TRE para determinar o vencedor, e exclui brancos, nulos e abstenção, o governador chega a 52,23% e já seria reeleito no primeiro turno. O seu rival Armando Monteiro chegaria a 37,31%, enquanto os adversários ficariam com 10,46% dos votos válidos.

Em se mantendo os votos válidos de 2014 que foram de 4.420.036 votos, Paulo Câmara seria reeleito com 2.308.855 votos, enquanto Armando Monteiro ficaria com 1.649.115 votos, e os demais candidatos atingiriam juntos 462.066 votos. Esses números dariam a Paulo Câmara uma dianteira de 659.740 votos em relação ao segundo colocado Armando Monteiro. Apesar de ser significativa a vantagem, ela seria a menor diferença de um governador eleito desde 1990 quando Joaquim Francisco derrotou Jarbas Vasconcelos por menos de 200 mil votos.

Faltando 24 dias para o pleito eleitoral, está cristalizada a primeira colocação de Paulo Câmara, e a vitória no primeiro turno está se consolidando a cada dia e pesquisa divulgada, cabendo a Armando, Julio Lossio, Maurício Rands e demais candidatos evitarem que a fatura seja liquidada no dia 7 de outubro, mas o tempo corre absurdamente contra os adversários de Paulo Câmara, que precisam de um fato novo para mudar a trajetória de reeleição do atual governador nas pesquisas.

Reforço – Terceiro colocado nas pesquisas para governador, Julio Lossio conquistou ontem o importante apoio do Coronel Meira para a disputa. Meira é candidato a deputado federal e empunha a bandeira da campanha de Jair Bolsonaro. A expectativa é que o eleitor de Bolsonaro, refratário a Armando Monteiro e Paulo Câmara, possa optar por uma candidatura que não viva bajulando Lula nem tenha identificação com o ex-presidente.

Fiscalização – A procuradora geral do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), Germana Laureano, e o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Marco Loreto, estiveram no Ministério Público do Estado de Pernambuco (MPPE) para pedir apoio à operacionalização do programa “Tome conta das eleições”. A iniciativa se destina a fiscalizar o gasto público nas 184 prefeituras do Estado durante o período eleitoral de 2018.

Dois lados – O governador Paulo Câmara conseguiu fechar o apoio dos dois lados em Ribeirão e Gameleira, ambas na Mata Sul, durante sua passagem pela região. A expectativa do Palácio é que isso venha a se repetir em várias cidades depois da vantagem obtida pelo governador nas pesquisas.

Flavia Santos – A pastora Flavia Santos, da Igreja do Evangelho Quadrangular, vem se mostrando como uma das novidades da chapa do PSC. Mulher, jovem e com um reconhecimento do segmento evangélico pela sua atuação, Flavia Santos está sendo vista como uma possível supresa de votos na chapa do partido.

RÁPIDAS

Distância – De acordo com a avaliação de um político, os deputados Bruno Araújo e Mendonça Filho estão fragilizados porque no sertão é mais fácil levar o bode pra beber água do que convencer o eleitor sertanejo a votar nos dois para o Senado porque Bruno ficou estigmatizado pelo voto que cassou Dilma Rousseff enquanto Mendonça Filho é o ministro que tem mais a cara de Temer em Pernambuco. Para este político, o eleitor sertanejo quer distância de ambos.

Luciano Bivar – Candidato a deputado federal, Luciano Bivar (PSL) conquistou o importante apoio do prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel. Além disso, Luciano tem sido procurado por eleitores de Jair Bolsonaro por dois motivos: o primeiro por ter garantido o partido para ele disputar e o segundo por ser o candidato preferencial do presidenciável em Pernambuco.

Inocente quer saber – Mendonça Filho vai perder a sua quarta eleição majoritária seguida?

Fonte : Blog Edmar Lyra.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||