Ação Criança investe no judô para alunos da rede municipal

Publicado em 05/06/2018 às 14h00

Por Cynthia Barbosa

Fotos: Victor Patrício/Secom-SLM

A fim de incentivar a prática esportiva dos estudantes da rede municipal de ensino, a Prefeitura de São Lourenço da Mata iniciou, nesta segunda-feira (4), na Escola Municipal Ministro Apolônio Sales, localizado em Chã da Tábua, as aulas do projeto Ação Criança, pioneiro em Pernambuco, que oferecerá aulas gratuitas de judô.

PROJETO beneficia 50 estudantes da rede municipal de ensino

O secretário de Cultura, Esporte, Juventude e Turismo, Jairo Chaves, explicou a finalidade da implantação do projeto Ação Criança no município. “A iniciativa tem objetivo de incluir o esporte no dia a dia das crianças de São Lourenço da Mata, promovendo a inclusão social de forma divertida”, pontuou.

CONTRIBUIÇÃO Secretário Jairo Chaves destacou aspectos sociais do Ação Criança

Na ocasião, foi apresentada aos futuros atletas a sala onde serão praticadas as aulas e foram distribuídos os quimonos que usarão durante a realização do projeto, seguindo os métodos tradicionais do judô. Além disso, também foi realizada uma demonstração de técnicas básicas do esporte aos demais estudantes que prestigiaram o evento.

De acordo com o professor responsável pelo Ação Criança e diretor técnico da Federação Pernambucana de Judô, Dênis Lima, o projeto vai proporcionar diversos benefícios. “A ideia fundamental é trazermos o aprendizado básico do judô para os estudantes, ajudando a desenvolver competências, como o senso de responsabilidade’, esclareceu.

INOVAÇÃO Projeto é pioneiro nos municípios do Estado

O Ação Criança beneficiará inicialmente 50 estudantes, entre quatro e 15 anos, desenvolvendo as habilidades motoras, concentração e disciplina, através de atividades que permitam praticarem e aprenderem de forma agradável. Sob a supervisão de dois professores, as crianças e jovens terão aulas duas vezes por semana e serão categorizados de acordo com a faixa etária.

Para Alexsandra Amara, mãe do pequeno Pedro Gabriel, de 4 anos, às aulas ajudarão na formação social do menino. “Eu matriculei meu filho para que ele possa aprender a lidar com a disciplina, que é indispensável para conviver bem em sociedade, e direcionar sua energia numa atividade que ajude no seu crescimento como cidadão”, ressaltou.

PARCERIA Federação Pernambucana de Judô participa do Ação Criança

Fonte :Da Secretaria de Comunicação.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||