Adutora do Agreste recebe mais R$ 39,2 milhões do governo Temer

Publicado em 10/11/2018 às 20h00
Foto: Divulgação
                                   Foto: Divulgação

Após a liberação de R$ 28,9 milhões em outubro, o Ministério da Integração Nacional autorizou o repasse, nesta sexta-feira (9), de mais R$ 39,2 milhões para garantir a execução das obras da Adutora do Agreste. Esse é o segundo repasse liberado neste ano pelo governo do presidente Michel Temer (MDB) para a obra, que segundo o presidente da Compesa, Roberto Tavares, estava ameaçada de paralisação pela ausência de recursos nos últimos 10 meses.

Nas contas da Compesa, ainda faltam ser repassados R$ 373,8 milhões para finalizar a primeira etapa da obra de um montante conveniado no valor de R$ 1,4 bilhão. Em maio deste ano, o governador Paulo Câmara (PSB) disse que o ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua, havia assegurado “o empenho de mais R$ 70 milhões para a Adutora do Agreste”. Portanto, ainda faltam 1,9 milhão dos recursos garantidos pelo ministro.

As obras da Adutora do Agreste começaram em 2013, ainda na gestão do ex-governador Eduardo Campos. No ano passado, o governo federal liberou R$ 194 milhões. O empreendimento prevê o abastecimento de 23 municípios do Agreste pernambucano. A segunda etapa deverá beneficiar outros 45 municípios, mas ainda não há convênio formalizado entre o Governo de Pernambuco e Governo Federal.

Além de Arcoverde e Pesqueira, outras oito cidades na região também serão contempladas pela Adutora Moxotó, conforme avanço das águas ao longo dos 70 quilômetros de comprimento: Venturosa, Pedra, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó, São Bento do Una e São Caetano. Mais de 300 mil pessoas vão ter abastecimento regular em suas casas.

Fonte: Blog do Jamildo.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||