André admite abrir espaço na chapa para Bruno Araújo

Publicado em 03/07/2018 às 12h30
Presidente estadual do PSDB, Bruno Araújo, encontra-se, ao longo desta semana, fora do País. Mas as conversas sobre composição da chapa majoritária da oposição seguem ocorrendo. Ontem, o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, chegou a dialogar com o senador Armando Monteiro Neto sobre essas arrumações. Depois que o processo que investigava Bruno Araújo - no qual ele era citado no inquérito da Odebrecht, - foi arquivado pelo ministro do STF, Dias Toffoli, a possibilidade de o tucano vir a ocupar a vaga do Senado passou a ser ventilada. Embora já tenha aberto mão do referido espaço em prol da atração de uma sigla nova para o bloco, o PSDB segue trabalhando para estar na chapa e não descarta que Bruno possa vir a se colocar como alternativa para a Casa Alta. Diante do novo cenário, o deputado estadual André Ferreira admite, à coluna, a hipótese de fazer um gesto ao tucano. "Do jeito que ele abriu espaço para gente, a gente abriria para ele", considera o parlamentar, que tem o nome cotado para concorrer a senador. E emenda: "Estamos muito alinhados". Em relação ao plano original de disputar a Casa Alta, André pondera: "Estamos fazendo uma avaliação". E observa: "Esse espaço já foi cedido para o PSC, mas isso não impede que outro partido da frente venha a ocupá-lo". André, então, assegura que isso "não vai ser um cavalo de batalha". Durante o ato no qual os Ferreira declararam apoio às oposições, André realçou que não chegava para impor. De outro lado, o processo, agora, arquivado por Toffoli era empecilho considerável para Bruno encarar o desafio de ingressar na majoritária. Solucionada a pendência, os cálculos na oposição podem ser refeitos. André e Bruno devem conversar na semana que vem, quando o tucano retornar ao Brasil.


Corrida presidencial

Há, no grupo Pernambuco Vai Mudar, quem avalie que Bruno Araújo poderia ficar sem tempo para estar entre os coordenadores da campanha de Geraldo Alckmin ao Planalto, caso concorra ao Senado. 

Reta final > Na última semana de entregas, o governador Paulo Câmara segue para Petrolina, hoje, onde comanda a Caravana da Educação e inaugura o 2º Batalhão Integrado Especializado. Na quinta, vai a Garanhuns, onde cumpre agenda na área de Educação.

Gesto... > Amanhã, Paulo Câmara inaugura a 19ª Fenearte. Na sexta, tem jogo do Brasil. Com a semana tomada, o socialista pode receber a presidente do PT, Gleisi Hoffman, na semana que vem.

...de Gleisi > O Palácio das Princesas ainda não foi comunicado da agenda, mas, entre petistas, a dirigente é esperada no Estado para fazer um gesto ao PSB pernambucano. 

Contraponto > Na semana passada, Paulo Câmara recebeu o presidenciável Ciro Gomes e uma reunião dos governadores do PSB, em Brasília, sinalizou para apoio da sigla ao PDT. O PSB-PE, no entanto, soltou nota depois dizendo que continuaria a "defender uma aliança com o Partido dos Trabalhadores".

Presidentes > Quem deve se encontrar com Gleisi Hoffmann, ainda esta semana, é o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. 

Extraordinária > Mediante convocação do presidente Guilherme Uchoa, os deputados estaduais devem realizar, hoje, às 15h, reunião extraordinária para votar o projeto do Poder Executivo que prorroga a contribuição do Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal. As empresas beneficiárias por incentivos de ICMS devem depositar, para o Estado, 10% do benefício. A convocação foi publicada no DO do sábado. 

Fonte:Folha de PE

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||