Ao chegar à prisão Richa foi às lágrimas

Publicado em 13/09/2018 às 13h00

O ex-governador do Paraná Beto Richa chorou muito ao chegar ao Complexo Médico-Penal (CMP), na região metropolitana de Curitiba, na terça (11). Richa e outras 11 pessoas foram presas sob suspeita de participarem de um esquema de corrupção no Paraná. 

O ex-governador e sua mulher, Fernanda Richa, ficaram apenas quatro horas no CMP, onde estão outros presos da Lava Jato, como o ex-deputado Eduardo Cunha. No início da noite, a Justiça do Paraná determinou a transferência do casal para o Regimento de Polícia Montada, em Curitiba.

Duas salas foram reservadas para recebê-los: uma usada por um comandante e outra reservada aos cadetes pequenos. 

 Fonte :(Mônica Begamo - Folha de S.Paulo).

Blog do Magno Martins.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||