Bivar diverge de Bebianno sobre presidência da Câmara

Publicado em 28/11/2018 às 14h00
Luciano Bivar falou à coluna digital No Cafezinho, que está no ar no Blog, nas redes sociais e no Youtube da Folhape
Luciano Bivar falou à coluna digital No Cafezinho, que está no ar no Blog, nas redes sociais e no Youtube da FolhapeFoto: Divulgação

"Eu gosto muito do Gustavo (Bebianno), mas é um sentimento dele. Se a gente está em consonância, não só com a bancada do PSL mas, com a maioria qualificada da Casa, acho que é muito bom para o partido (ter a presidência da Câmara Federal), muito bom para o governo. E, como a gente tem a presunção de estar oferecendo o melhor, é muito melhor para sociedade". A avaliação é feita pelo presidente nacional do PSL e deputado federal eleito, Luciano Bivar. Ele posicionou-se ao ser indagado sobre declaração, dada ainda em outubro, pelo ex-presidente nacional da legenda, Gustavo Bebianno, de que o comando da Câmara Federal nas mãos do PSL seria "antiestratégico" e "concentração de poder inadequada". Bebianno é das pessoas mais próximas de Jair Bolsonaro. Ontem, Luciano Bivar ia iniciar a conversa na coluna digital "No Cafezinho", quando seu telefone tocou. Era Bebianno do outro lado da linha. Os dois trocaram palavras rápidas, Bivar informou que não estava podendo se estender no momento e ficaram de voltar a se falar. Se Bebianno é braço direito do presidente eleito, Bivar chegou a estar, recentemente, em café da manhã, ao lado de Bolsonaro, com o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia. Anteontem, Maia pediu neutralidade do governo em relação à corrida pela presidência do legislativo. "É verdade. E não é interese do presidente Bolsonaro tomar partido, quer seja na Câmara, quer seja no Senado", pontua Bivar. Há chances de apoiar uma recondução de Rodrigo Maia? Bivar deixa "em aberto" e faz referência ao café da manhã: "Foi uma conversa muito amigável, muito afável e ficamos de ter novas conversas, o próprio presidente eleito com o Maia e nós também. De sorte que tudo está em aberto para a gente conversar logo mais". E Bivar pode ser candidato ao cargo, hoje, ocupado por Maia? O presidente nacional da sigla não crava, mas não descarta. "Com relação à Câmara, há um movimento grande, claro, dentro do seio do Partido Social Liberal, de que todos querem que, realmente, indique o presidente. É certo que todos estão ansiosos nesse momento, agora, que vai encerrar o mandato de Maia". A coluna digital No Cafezinho com outras considerações ainda feitas por Bivar também sobre o plano local vai ar no Blog, na redes sociais e no Youtube da Folha de Pernambuco.

Uma certeza por enquanto

Ainda sobre a presidência da Câmara, uma certeza que Luciano Bivar guarda é: "Se a gente não sair com um candidato próprio, a gente vai apoiar alguém que vá fazer valer as pautas que o governo Bolsonaro precisa para fazer as reformas no nosso governo". Maia foi eleito com apoio de partidos de esquerda como o PT e o PCdoB.

O PSL já contabiliza 53 deputados, o PT, maior bancada, tem 55.

Aluguel Caro > O TCE mandou reduzir o aluguel de R$ 410 mil do Centro Administrativo de Jaboatão. O procurador Cristiano Pimentel, do Ministério Público de Contas, apontou sobrepreço no contrato sem licitação. O TCE, em cautelar, limitou a R$ 218 mil por mês o pagamento pela Prefeitura.

Novela sem fim > A refinaria de Pernambuco continua no alvo dos órgãos de controle. Ontem, o ministro Bruno Dantas, do TCU, no Twitter, assinalou: "Só em dois conjuntos de contratos da refinaria Abreu e Lima, o TCU identificou superfaturamento de R$ 2 bilhões, já julgou o mérito e condenou agentes públicos e empresas. Tudo comprovado com notas fiscais".

 

Fonte :Folha de PE.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||