Chapinha perde fôlego no fim da janela partidária

Publicado em 05/04/2018 às 05h00
Grupo de partidos bateu martelo sobre formação de chapinha para deputado federal

Grupo de partidos bateu martelo sobre formação de chapinha para deputado federalFoto: Divulgação

Com a proximidade do fim da janela partidária, as articulações para reforçar a chapinha perdem força para deputado federal. Nesta terça-feira (2), o partido Solidariedade iria receber os deputados federais Kaio Maniçoba e Cadoca. Porém, os políticos, de última hora, não confirmaram que seriam filiados ao partido. O ato aconteceria na sede da liderança da agremiação, em Brasília, mas apenas o filho do deputado estadual, Tony Gel Filho, se filiou. Além disso, o deputado federal Severino Ninho (PSB) desistiu de ingressar na chapinha e continuará no PSB devido sua ligação histórica com a legenda. Outro que também não deve fazer a travessia é Gonzaga Patriota (PSB).

Nesta terça, Cadoca, informou que ainda não definiu a sua filiação. “Ainda não me filiei a nenhum partido, vou definir esta semana para qual partido eu vou e definir a situação”, destacou o deputado. Já Maniçoba, informou que esteve o dia em uma reunião em Camaragibe, e não embarcou para se filiar ao partido em Brasília.

Nos bastidores, a hipótese do Palácio das Princesas ter interferido no freio dado pelos parlamentares causou desconforto. Uma liderança do Solidariedade, contudo, minimizou a possível interferência em reserva. "É natural do processo esse tipo de negociação", afirmou.

Até o próximo sábado - quando será decretado o fim da janela partidária, os partidos intensificam suas articulações para trazer quadros para suas hostes.

Fonte: Blog da Folha de PE.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||