Cinco pessoas já foram detidas pela Operação Eleições

Publicado em 06/10/2018 às 19h00

Cinco pessoas foram presas até as 13 horas deste sábado (6), véspera do primeiro turno das eleições, conforme balanço divulgado pelo Ministério da Segurança Pública.

De acordo com a pasta, uma pessoa foi presa em Santo Antônio Do Leverger (MT). Após uma denúncia, foram encontradas três folhas pequenas com nomes, CPFs e dados de títulos de eleitores, além de material de campanha. Também foram apreendidos R$ 6.501 em dinheiro. O caso está sendo apurado pela Polícia Federal em Cuiabá.

Uma pessoa foi presa em Teresina (PI) por suspeita de crime eleitoral. O indivíduo se dirigia à cidade piauiense de Piripiri com R$ 100.000 em espécie, sem uma comprovação de origem do dinheiro. O caso foi encaminhado à Superintendência da Polícia Federal no Estado.

Outras duas pessoas foram detidas em Joaquim Nabuco (PE) com materiais de campanha (santinhos, adesivos e panfletos) e R$ 4.580 em dinheiro que, segundo eles, seria o pagamento para militantes. Após o material ser apreendido, ambos foram liberados, sem a necessidade de pagamento de fiança.

Já em Salvador (BA), uma pessoa foi presa por tentativa de homicídio após tentar atropelar uma pessoa que vendia camisetas de um candidato. Apenas o varal com as camisetas foi danificado, com prejuízo estimado em R$ 540 pela a vítima.

Além das prisões, foram apreendidos materiais de campanha irregulares em Currais Novos (RN) e em Rondônia, além de um carro de som na Bahia.

As ocorrências foram registradas pela Operação Eleições 2018, que é coordenada pelo Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN) da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Sediado em Brasília, na Polícia Rodoviária Federal (PRF), o CICCN possui representantes de todos os Estados para centralizar e coordenar as informações e ações relacionadas à segurança pública durante as eleições. Essas informações vão nortear a atuação das polícias militares e civis dos Estados e, também, das guardas municipais.

Fonte: Estadão.

 Leia Ja.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||