DEM estuda deixar base aliada de Temer para disputar Planalto

Publicado em 29/12/2017 às 12h15
Foto: Reprodução/Divulgação
Foto: Reprodução/Divulgação

De acordo com a Coluna do Estadão desta sexta-feira (29), o DEM planeja desembarcar do governo Michel Temer (PMDB) para lançar candidatura ao Planalto nas eleições de 2018. Na convenção do dia 6 de fevereiro, o partido irá consolidar sua disposição de apresentar um nome na disputa e se posicionar como independente. O nome preferido é do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ).

Democratas avaliam que ele teria mais chances de competir com outros candidatos do centro, campo disputado hoje pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD). E quem dissociar seu candidato do nome apoiado pelo Palácio do Planalto.

Foto: Filipe Jordão/JC Imagem

Saída de Mendonça

A saída do ministro da Educação, Mendonça Filho, não será imediata e pode se arrastar até abril, quando ele se desincompatibiliza para concorrer às eleições. O DEM não indicará substituto.

Fonte :Blog de Jamildo.

Enviar comentário

voltar para Blog

left show fwR|left tsN uppercase fwB|left show fwB fsN uppercase|bnull|||login news fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fwR c15 fsI|b01 c05 bsd|login news c10|tsN normalcase fwR fsI c15 b01 bsd|b01 normalcase bsd c05|content-inner||