Elias: candidatura do PSDB em PE é decisão da nacional

Publicado em 10/01/2018 às 16h30
Elias Gomes e Bruno Araújo
Elias Gomes e Bruno AraújoFoto: Folha de Pernambuco

Insatisfeito com o tratamento que recebe do presidente estadual do PSDB e deputado federal, Bruno Araújo, o ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes Elias Gomes (PSDB) tenta viabilizar a candidatura a Governo do Estado diretamente com a Executiva Nacional do partido. De acordo com Elias, o aval para disputar a majoritária não depende mais do correligionário e sim da decisão do governador de São Paulo e presidente nacional da sigla, Geraldo Alckmin. O ex-prefeito argumenta que seria importante um palanque para Alckmin em Pernambuco e que já teria recebido, inclusive, sinalização positiva do governador paulista.

"Não estamos mais na dependência de acordo com Bruno Araújo. A dependência agora é se a tese de duas ou mais candidaturas na oposição será vitoriosa ou não", disse Elias. Nos bastidores comenta-se que o grupo ligado a Elias estaria contrariado com o parlamentar após ele não ter cumprido o trato de que Elias comandaria a legenda, além de não defender com mais afinco a candidatura a governador dele. De acordo com um tucano, Elias e o filho, o deputado federal Betinho Gomes (PSDB), estariam procurando uma porta de saída do PSDB. Nos próximos dias, ele vai articular reuniões com aliados. 

Questionado sobre a possibilidade de sair da cúpula tucana caso tenha a postulação preterida, Elias afirmou que "os atores serão além do PSDB", em sinalização de que pode procurar outra sigla. Em janeiro, Elias vai marcar conversas com a Rede e o PV- que saíram recentemente da base do governador Paulo Câmara (PSB) -, com o senador Armando Monteiro (PTB) e com outros integrantes do bloco de oposição. De acordo com uma fonte, a intenção de Elias ao disputar a majoritária seria fortalecer seu nome para voltar à Prefeitura de Jaboatão em 2020. Já Betinho teria dificuldades de se reeleger na Câmara e poderia disputar a Assembleia Legislativa de Pernambuco. 

Ontem, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, ontem, Betinho começou a criticar o movimento de oposição. “Não basta fazer reunião com muitas lideranças, mas não dar conteúdo ao movimento. Fazer encontros sem dizer por que está confrontando o governo ou o que é melhor para Pernambuco.”

Fonte :Blog da Folha de PE.

Enviar comentário

voltar para Blog

left show fwR|left tsN uppercase fwB|left show fwB fsN uppercase|bnull|||login news fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fwR c15 fsI|b01 c05 bsd|login news c10|tsN normalcase fwR fsI c15 b01 bsd|b01 normalcase bsd c05|content-inner||