Fernando pode ser o interlocutor de Bolsonaro em Pernambuco

Publicado em 09/01/2019 às 15h00

O senador Fernando Bezerra Coelho esteve reunido ontem com três ministros do governo Jair Bolsonaro, Tereza Cristina (Agricultura), Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional) e Tarcisio Freitas (Infraestrutura), deixando claro que pretende, em seus próximos quatro anos como senador, ajudar o governo Jair Bolsonaro tanto nas votações do Senado como nas articulações do Congresso Nacional.

Dos três senadores pernambucanos, Jarbas Vasconcelos, Humberto Costa e Fernando Bezerra Coelho, apenas o terceiro não declarou o voto em Fernando Haddad no segundo turno, e assim como o presidente Jair Bolsonaro, é opositor de Paulo Câmara no estado. É evidente que o presidente precisará de alguém que possa ser o canal dele com as demandas do estado, e ninguém melhor do que um senador da República se o governador preferiu fazer-lhe oposição.

Pesa a favor de Fernando o vácuo deixado pelos candidatos derrotados ao Senado, Bruno Araújo e Mendonça Filho que a partir de fevereiro estarão sem mandato, se eles tivessem sido eleitos senadores ou ido para a reeleição na Câmara dos Deputados, indubitavelmente eles exerceriam esta função devido o fato de sempre terem combatido o PT. E com isso, Fernando terá quatro anos para construir uma relação com o governo federal que possa resultar em investimentos para Pernambuco que tenham suas digitais.

Há um sentimento no governo federal de que não é importante dividir o bônus de obras federais com o governador Paulo Câmara, e tendo um senador que ajude a repassar recursos diretamente para as prefeituras sem precisar do intermédio do governador, será fundamental para o projeto político de delimitar claramente aos pernambucanos os investimentos que tiverem a rubrica federal para o governo estadual não colher os louros do que está sendo preparado em Brasília de positivo para Pernambuco.

Aniversário – Nesta quinta-feira (10), São Lourenço da Mata, localizada na Região Metropolitana do Recife (RMR), comemora 129 anos de história. Para celebrar a data, o prefeito do município, Bruno Pereira (PTB), preparou uma expressiva festividade que contará com inauguração de várias obras, missa solene, apresentações de movimentos artísticos locais, hasteamento da bandeira, corte de bolo e show com a cantora Michelle Melo.

Desenvoltura – Candidato ao cargo de primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, o deputado estadual Aglaílson Victor tem conquistado cada vez mais adeptos para a sua postulação. Ele transita bem entre deputados antigos pela relação do seu pai com eles, e entre novatos por ser um deputado sem arestas com os colegas, e por isso vem crescendo nas apostas para um bate-chapa.

Izaias Regis – O prefeito de Garanhuns, Izaias Regis, faz uma gestão bem-avaliada no município, o que faz dele um eleitor importante na disputa municipal de 2020. Nas eleições do ano passado, graças ao prestígio de Izaias, Armando Monteiro venceu em Garanhuns por diferença de quase dez mil votos sobre Paulo Câmara. O nome escolhido por Izaias não só será competitivo como tem chances reais de emplacar a prefeitura.

Henrique Queiroz – Depois de ser dez vezes consecutivas deputado estadual, Henrique Queiroz tentou o mandato de deputado federal nas eleições do ano passado, porém não obteve sucesso, apesar disso fez o sucessor Henrique Filho deputado estadual. Por ser um animal político, Henrique não pendurará as chuteiras, será candidato a prefeito de Catende em 2020.

Liderança – O deputado estadual Marco Aurélio tem se movimentado no sentido de assumir a liderança da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco. Se escolhido, será um excelente nome para fazer o contraponto ao governo Paulo Câmara na Casa Joaquim Nabuco.  Por sinal, alguns colegas em reserva declaram preferência por seu nome na bancada da oposição.

RÁPIDAS

Fernando Moreira – O ex-vereador de Jaboatão dos Guararapes, Fernando Moreira, está se movimentando na cidade para implementar ações voltadas para o empreendedorismo. Entusiasta de novos negócios, Fernando pretende realizar palestras ao longo de 2019 para capacitar pequenos e médios empreendedores.

Fernando Rodolfo – Prestes a ingressar no PR, tendo sido fundamental para a troca de comando da sigla em Pernambuco, o deputado federal Fernando Rodolfo pretende ser um ferrenho opositor do governador Paulo Câmara pelos próximos quatro anos, além disso ele não descarta ser candidato a prefeito de Caruaru em 2020 onde obteve uma expressiva votação.

Inocente quer saber – Tinha necessidade de o filho de Mourão ser promovido e causar o desgaste que causou para o governo?

Fonte : Blog Edmar Lyra.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||