Filiação de Bolsonaro causa desconforto ao PSL de Minas

Publicado em 12/03/2018 às 09h00

Recém filiado ao PSL para ser candidato a presidente da República, o deputado Jair Bolsonaro está enfrentando resistência dos membros do partido em Minas Gerais, segundo admitiu o próprio presidente nacional da legenda, deputado Luciano Bivar (PE).

Isso ficou claro durante viagem de Bolsonaro por quatro cidades do sul daquele Estado na última quinta-feira em pré-campanha eleitoral.

Os antigos membros do partido não se articularam para recebê-lo e ameaçam mudar de legenda até o início de abril próximo.

“Eu estava apoiando a candidatura dele (Bolsonaro), mas ele veio atropelando todos. Agora estamos avaliando a questão do ponto de vista jurídico”, disse o ex-presidente do PSL em Minas, Carlos Alberto Pereira, que integra a executiva nacional do partido.

“Não fizeram reunião, não conversaram com ninguém. Já chegaram com a chapa pronta e tentando colocar os filhos (de Bolsonaro) a qualquer custo. É um projeto aberto à população ou de família?”, perguntou..

Carlos Alberto é casado com a deputada Dâmina Pereira, única parlamentar do PSL em Minas, que deve disputar votos com o deputado Marcelo Álvaro Antônio, recém filiado, do grupo de Bolsonaro.

Bivar, admitiu que o partido enfrenta dificuldades em alguns estados, mas considera isto profundamente normal. Todo partido passa por isso”, disse ele.

Fonte :Blog de Inaldo Sampaio.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||