Fim de linha para a “alma mais honesta” do Brasil

Publicado em 05/04/2018 às 12h15

O Supremo Tribunal Federal negou o habeas corpus preventivo apresentado pela defesa de Lula por 6 votos a 5, e com isso o caminho ficou livre para o ex-presidente cumprir a prisão a que foi condenado tanto pelo juiz Sérgio Moro quanto pelos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Coube a presidente do STF, ministra Carmen Lúcia o voto de Minerva para selar o destino de Lula.

A decisão tem um efeito político devastador para o PT, que já estava ciente da ausência de Lula da disputa por conta da Lei da Ficha Limpa, mas que ainda sonhava com a liberdade do ex-presidente para ser novamente um importante cabo eleitoral para o nome que vier a ser apresentado pelo PT para a disputa presidencial.

Se há um clima de desgaste generalizado com a classe política, a esperança do PT era ter Lula direta ou indiretamente no pleito para que ele pudesse ter alguma interferência na eleição, uma vez que as camadas mais populares remetem a Lula um período de bonança econômica. Tê-lo completamente fora do processo eleitoral com a sua iminente prisão foi o tiro de misericórdia que faltava para o PT, que certamente diminuirá abruptamente de tamanho nestas eleições e como não há um sucessor natural para Lula, será pouco provável que nestas eleições exista qualquer chance do partido voltar ao Planalto.

Lula se vangloriou de muita coisa, por diversas vezes fez pouco das instituições, achou que continuaria o teflon de 2005 no auge do mensalão. Não somente sua popularidade despencou, como também passou a ter verdadeira ojeriza da população, vide as manifestações que antecederam o julgamento do HC preventivo dele.

Todo reinado tem seu início, seu apogeu e seu fim, com Lula não foi diferente. O fim da linha foi sacramentado, agora a dúvida é só o dia em que se consumará sua prisão, o que exceto os cutistas, petistas e esquerdistas que endeusam a “alma mais honesta”, não deverá causar qualquer comoção no grosso da sociedade que não está nem aí para Lula e quer que tanto ele quanto os demais corruptos paguem pelos crimes que cometeram.

Retorno – Em ato que será bastante concorrido nesta quinta-feira em Garanhuns, o deputado estadual Alvaro Porto oficializará sua volta ao PTB, sigla por onde foi eleito em 2014. Alvaro tem todas as condições de sair com uma expressiva votação e há quem aposte que ele será um dos mais votados do chapão da oposição.

Senado – Além dos nomes citados como novidades para a disputa pelo Senado Federal na coluna de ontem, existem alguns nomes que estão se movimentando com bastante desenvoltura para o pleito. Silvio Costa segue querendo ser o senador de Lula, bem como Antonio Souza (Rede Sustentabilidade) e Antonio Campos (Podemos) que apostam na renovação para chegar ao salão azul.

Creches – O ministro da Educação, Mendonça Filho libera nesta quinta-feira, R$ 10,8 milhões para seis creches do Recife. O ministro oficializa a liberação no gabinete do MEC, em Brasília, com a presença do prefeito do Recife, Geraldo Júlio. Serão liberados recursos para as obras das creches da Estrada do Arraial, em Casa Amarela, de Beberibe, outra em Campo Grande e uma na presidente Kennedy, uma no bairro de Passarinho e mais uma no Ibura de Baixo.

Caravana – O governador Paulo Câmara visita, nesta quinta-feira, o município do Paulista, na Região Metropolitana do Recife, para acompanhar mais uma reunião da Pactuação de Metas 2018 da Secretaria Estadual de Educação (SEE). Na oportunidade, Paulo visita também os polos da Caravana da Educação, um circuito de atividades pedagógicas, culturais, esportivas e de orientações aos estudantes, que acontecem no mesmo dia com a participação da comunidade escolar. Até o momento, a Pactuação de Metas 2018 já contemplou as regiões da Mata Norte e Agreste Setentrional.

Amupe – Tem início nesta quinta-feira no Centro de Convenções a edição do Congresso da Amupe de 2018. O evento que é comandado brilhantemente por José Patriota reunirá prefeitos de todo o estado e já terá garantida a presença do governador Paulo Câmara e do senador Armando Monteiro, que podem reeditar a disputa pelo governo do estado de 2014. O Blog Edmar Lyra e o Programa Ponto de Vista, de Adriano Roberto, estarão acompanhando todos os detalhes do evento.

RÁPIDAS

Chapinha – A respeito das especulações envolvendo o PROS, o deputado federal João Fernando Coutinho negou veementemente que o partido possa coligar com o PSB na proporcional. Nas contas de João, o seu partido elegerá pelo menos dois deputados estaduais e muito provavelmente o segundo ficará com cerca de 20 mil votos.

Reforço – A chapa do PROS ganhou um importante nome para a disputa. Trata-se do empresário Fred Cavalcanti, que é sobrinho do prefeito de Macaparana, Maviael Cavalcanti. Fred tem totais condições de sair com uma expressiva votação da Mata Norte e recuperar a vaga na Alepe que já pertenceu ao seu tio até 2014.

Inocente quer saber – Paulo Câmara ainda quer o apoio de Lula para a sua reeleição em outubro?

Fonte :Blog de Edmar Lyra.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||