Joice Hasselmann é condenada a pagar R$20 mil a empresário

Publicado em 09/10/2019 às 19h00

José Cruz/Agência Brasil

José Cruz/Agência Brasil

 

A líder do governo no Congresso Nacional, deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), foi condenada a pagar R$ 20 mil por danos morais ao empresário Hermes Freitas Magnus, que ela cita como delator no seu livro "Delatores - ascensão e queda dos investigados na Lava Jato", lançado no fim de 2017. 

A decisão é do juiz André Augusto Salvador Bezerra, do Tribunal de Justiça de São Paulo. Magnus processou a parlamentar em março de 2018 e, segundo ele, o livro lhe causou "humilhação pública" e "grande sofrimento". Ele se considera "denunciante" do esquema e não "delator".

Os advogados de defesa de Magnus alegaram que "a honra pessoal, cívica, patriótica, profissional e o equilíbrio psíquico" do empresário foram "espancados" por Joice Hasselmann.

O empresário pediu uma indenização de R$ 2 milhões e já recorreu da decisão

 judicial que recomenda o pagamento de R$ 20 mil. 

O depoimento de Hermes Freitas Magnus colaborou com a condenação do do doleiro Alberto Youssef e de Carlos Habib Chater, o primeiro preso da Lava Jato.

Fonte : Leia Ja.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||