“Está na hora que acabar com a quadrilha do PT”

Publicado em 08/09/2017 às 11h15

Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia BrasilFabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC) comentou, durante sessão na Câmara dos Deputados, a nova denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF), contra os ex-presidentes Lula e Dilma, a senadora Gleisi Hoffmann, os ex-ministros Antonio Palocci, Edinho Silva, Guido Mantega e Paulo Bernardo, além do ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto. Todos os denunciados são suspeitos de “promover, constituir, financiar ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa”.

O parlamentar ironizou citando o nome de cada um. “Só para fazer um registro, talvez eu esteja mal informado porque estou vendo um monte de petista subir ali para dar porrada em Sérgio Moro. Aqui pode ser mais um dia normal na vida do PT, mas dos brasileiros não é”. 

Eduardo Bolsonaro não poupou críticas. “Está na hora de acabar com essa quadrilha chamada PT e colocar o Brasil de novo no trilho da honestidade”. 

Ele também postou a foto das malas de dinheiro que a Polícia Federal encontrou que supostamente seriam de Geddel Vieira. “Não é a toa que a policia federal está sempre nas cabeças das pesquisas sobre credibilidade. Palmas para os colegas que orgulham os brasileiros. Orgulho de fazer parte dessa instituição”.

Fonte :Leia Ja.

Enviar comentário

voltar para Blog

left show fwR|left tsN uppercase fwB|left show fwB fsN uppercase|bnull|||login news fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fwR c15 fsI|b01 c05 bsd|login news c10|tsN normalcase fwR fsI c15 b01 bsd|b01 normalcase bsd c05|content-inner||