Moraes garante que Elias Gomes não assume PSDB sem nova eleição

Publicado em 12/09/2017 às 20h30
Ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB)
Ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB)Foto: Jedson Nobre/Folha de Pernambuco

Por Ulysses Gadêlha
Da Folha de Pernambuco

Presidente do diretório do PSDB-PE, o deputado estadual Antônio Moraes afirmou que a sucessão da executiva local só ocorrerá em novembro, em nova eleição na convenção partidária. Assim, o acordo para que o ex-prefeito de Jaboatão Elias Gomes (PSDB) assumisse a sigla no meio de 2017 não será concretizado. Elias devia ter assumido no meio de 2016, mas por conta da proximidade das eleições estaduais, os correligionários firmaram esse compromisso. Na visão de Antônio Moraes, o ex-prefeito se precipitou por ter tratado essa questão publicamente.

O entendimento entre Elias, Moraes e o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), que lidera a sigla no Estado, vinha sendo adiado em função do quadro político nacional, mas o ex-prefeito cobrava o seu cumprimento.

A justificativa do deputado é que o ex-presidente da executiva nacional, o senador Aécio Neves (PSDB), prorrogou o mandato de todos os dirigentes estaduais devido ao seu afastamento quando do estopim do escândalo de corrupção causado pelas delações dos executivos da JBS. 

“Antes mesmo de Aécio se licenciar, ele prorrogou até 2018 todos os mandatos, inclusive o da executiva nacional. Mas agora, na gestão de Tasso Jereissatti ficou acordado esse organograma para renovar os diretórios municipais e estaduais”, esclarece.

Decidido a não dirigir mais o partido após concluir o mandato, Antônio Moraes disse que nenhum acordo foi descumprido e que, se ele quisesse, tentaria a reeleição, porque tem apoio de todos os prefeitos do partido. “O que eu entendo é que o prefeito se precipitou quando poderia ter tratado internamente a questão dentro do partido. Ele sabia que havia uma solicitação do diretório nacional para que a gente aguardasse. A história foi para a imprensa como se fosse uma situação onde a gente não ia cumprir acordo”, revelou o deputado.

Fonte :Blog da Folha de PE.

Enviar comentário

voltar para Blog

left show fwR|left tsN uppercase fwB|left show fwB fsN uppercase|bnull|||login news fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fwR c15 fsI|b01 c05 bsd|login news c10|tsN normalcase fwR fsI c15 b01 bsd|b01 normalcase bsd c05|content-inner||