Mulheres são promessa de protagonismo na ALEPE

Publicado em 14/01/2019 às 09h00

Na política, 2018 se revelou como um ano onde as mulheres ampliaram o seu espaço na Câmara Federal (51%) e nas Assembleias Legislativas (35%).Em Pernambuco, uma mulher foi eleita vice-governadora, na Câmara a situação permaneceu estável em relação a 2014, com a eleição de uma deputada. Já no Legislativo Estadual, o número de mulheres eleitas dobrou. Saiu de 5 para 10. E é justamente nesta Casa onde as atenções estão voltadas para este ano, uma vez que há grande expectativa de que as mulheres exerçam um papel de protagonismo ainda maior ocupando postos importantes na estrutura legislativa.

Para a eleição da Mesa Diretora ao menos dois nomes femininos despontam para ocupar espaço. São Simone Santana (PSB) e Teresa Leitão (PT). A primeira se destacou no seu primeiro mandato ao dar visibilidade a Comissão da Mulher. 

Conhecida por sua personalidade conciliadora e diplomática, firme de convicções e de possui uma boa relação com todos os colegas da Casa, Simone disputará a primeira-vice-presidência. Se  escolhida, fará história, já que será a primeira vez que uma mulher ocupou este posto no Legislativo Estadual.

Por sua vez, Teresa Leitão, seguirá para o seu quinto mandato consecutivo e entra para a história como a mulher com mais mandatos na ALEPE. Nesta nova legislatura a petista mira o espaço reservado ao PT na Mesa.

Quanto as demais deputadas, a expectativa é que também ocupem um espaço de destaque não apenas nas Comissões temáticas, mas também na Tribuna levantando discursões importantes sobre diversos temas, inclusive sobre o empoderamento feminino e o enfrentamento à violência contra a mulher.

A deputada estadual Priscila Krause (DEM) é cotada para assumir a liderança da Oposição, enquanto que Gleide Ângelo (PSB) já está certa para comandar a Comissão da Mulher. Já Alessandra Vieira (PSDB) e Fabíola Cabral (PP), miram a presidência de Comissões. Movimento que também deve ser seguido pela deputada do PSOL, Jô Cavalcanti, do coletivo Juntas.

Para a deputada Clarissa Tércio (PSC) os assuntos voltados a temas conservadores devem ser a sua principal bandeira. Por fim, as deputadas Ducicleide Amorim (PT) e Roberta Arraes (PP) concentrarão esforções nas discursos sobre o desenvolvimento de suas respectivas regiões, os sertões do São Francisco e Araripe.

Se depender desse time, as mulheres ocuparão um lugar de protagonismo jamais visto em toda a história da ALEPE.

Mantendo o espaço – Apesar da saída de Marília Arraes (imagem) para a Câmara Federal, o Poder Legislativo da Capital manterá 6 mulheres em sua composição. A novata Goretti Queiroz (PR) assumirá a vaga deixada por Wanderson Florêncio, eleito deputado estadual.
 

Protagonismo – Vale lembrar que nas eleições de 2016 do Recife cinco mulheres figuraram entre os dez vereadores mais votados. Com destaque para Michele Collins (PP) e Irmã Aimée (PSB), respectivamente a primeira e segunda colocada no geral.

Aposta – Por falar na Câmara do Recife, ao menos duas mulheres despontam para disputar com grandes chances de êxito uma vaga no Legislativo da capital em 2020. São elas: Karla Falcão e Maria do Céu, ambas do PPS. A primeira obteve mais de 13 mil votos para deputada estadual no ano passado, dos quais quase 6.400 vieram das urnas do Recife. Já a segunda, conquistou mais de 9 mil votos no geral, 4.300 obtidos na capital.

Caminho livre – Estreante na ALEPE, o Tenente-coronel Fabrízio Ferraz está com o caminho livre para ser o principal representante do Sertão de Itaparica no Legislativo Estadual. O seu concorrente, Rodrigo Novaes (PSD), se licenciou para assumir a secretaria estadual de Turismo e deve pavimentar o caminho pra concorrer à Câmara Federal em 2022. Além da Segurança Pública, Fabrízio deve ter como bandeiras do mandato a interiorização do desenvolvimento cujo principal município é Floresta, onde o seu primo Ricardo Ferraz é prefeito.

Limoeiro – Peça chave na vitória de Joãozinho (imagem) nas eleições de 2016 para a prefeitura de Limoeiro, o vice-prefeito Marcelo Mota anda com a relação estremecida com o prefeito. A frente de uma gestão que até agora ainda não conseguiu dizer a que veio, Joãozinho não tem imprimido outra marca senão a da desorganização e instabilidade politica/administrativa. Só de rodízios e exonerações no primeiro escalão,o socialista já superou a marca de vinte substituições desde o início do mandato.
 

Limoeiro 2 – Caso não consiga restaurar as relações com o seu vice e acertar os ponteiros na área administrativa, Joãozinho corre sérios riscos de não emplacar a reeleição em 2020. 

Limoeiro 3 – Entre os muitos nomes da oposição que são lembrados para disputar a prefeitura destacam-se o ex-vereador Zé Nilton, o ex-secretário municipal Wellington Vasconcelos, os empresários Lula Santos e Zé Félix e até o do ex-prefeito Thiago Cavalcanti. Além, é claro, o do vice-prefeito Marcelo Mota, que está bem próximo de romper. A briga agora é pelo apoio do deputado federal Ricardo Teobaldo (Podemos), liderança que possui um capital político significativo no município.

Agora é diferente! – A convite do deputado federal eleito Túlio Gadelha o advogado e professor Pedro Josephi ingressou no PDT. A filiação faz parte da estratégia reconstruir o partido no maior colégio eleitoral do estado com vistas às eleições do próximo ano. Isso é um sinal de que o PDT deixa, aos poucos, de ser uma sucursal de Caruaru. Agora os assuntos relacionados ao Recife para 2020 passarão pelas mãos de Túlio Gadelha.
 

Favorito – Em Barra de Guabiraba, no Agreste Meridional, o jovem Diogo (MDB) tem tudo para destronar o prefeito Dr. Wilson (SD) em 2020. Carismático e cheio de projetos para o município, Diogo caiu na graça da população. Prova disto foi o resultado obtido na eleição do ano passado quando impôs uma derrota ao prefeito ao emplacar Clodoaldo Magalhães (PSB) e Raul Henry, deputados estadual e federal, respectivamente, como os mais votados em Barra.

De olho em 2020 – Na noite de ontem (13/01), o deputado estadual Joel da Harpa (PP) foi visto ao lado do suplente de deputado Neco (PP) e outras lideranças na tradicional Festa de Santo Amaro, em Jaboatão Velho. Recentemente Joel sinalizou a possibilidade de ser candidato a prefeito de Jaboatão dos Guararapes.
 

Reflexo – Exercendo o seu segundo mandato à frente do Poder Executivo de Xexéu, o prefeito Eudo Magalhães (PSB) transformou o município em um verdadeiro canteiro de obras. No engenho Limão, na Zona Rural, obras de calçamento e construção da praça andam em estado avançado. Tamanha aprovação de Eudo em Xexéu deverá servir para turbinar a candidatura do seu filho Noé no município vizinho de Água Preta.

Participe! – Quer que notícias da política da sua cidade sejam abordadas no Blog Ponto de Vista? Entra em contato conosco pelo Whatshap (81) 99521-6544.

Escrito por Wellington Ribeiro 

Fonte: Blog Ponto de Vista.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||