O dilema de Armando Monteiro nas eleições de outubro

Publicado em 10/03/2018 às 14h00

O senador Armando Monteiro sempre sonhou em ser governador de Pernambuco, mesmo tendo uma carreira política curta, apenas 20 anos, ele coleciona três mandatos de deputado federal, um de senador e uma passagem pelo ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Ensaiou em 2006 uma candidatura a governador, mas acabou recuando. Em 2010 se elegeu senador como o mais votado daquele pleito, e em 2014 disputou o governo e foi derrotado por Paulo Câmara.

Nas eleições deste ano, Armando encontra-se num dilema, pois está em segundo lugar na pesquisa Múltipla divulgada ontem, onze pontos atrás do governador Paulo Câmara, no cenário mais plausível que é o enfrentamento no mano a mano contra o governador. Já na disputa pelo Senado, figura numa posição bastante confortável, mas com um indicativo de que se for para a disputa tende a crescer mais.

Pela configuração do palanque da Frente Popular que está se desenhando, onde deverá ter um petista, João Paulo ou Humberto Costa, ao lado de Jarbas Vasconcelos na chapa pelo Senado, é possível que Armando além de abocanhar os votos do palanque da oposição, poderá ser o segundo senador de eleitores de Humberto ou João Paulo e de Jarbas, o que daria uma chance real de renovar seu mandato em outubro. Em 2010 ele recebeu muitos votos híbridos e acabou suplantando Humberto Costa e sendo o mais votado, então não seria surpresa Armando novamente ganhar a simpatia de eleitores de todas as matizes ideológicas,

Por outro lado, Armando vem sendo forçado a disputar o governo tanto pelos seus aliados petebistas, quanto por Silvio Costa, Ricardo Teobaldo, Mendonça Filho, Daniel Coelho e João Lyra Neto, que possuem uma preferência clara pelo seu nome na disputa interna com Fernando Bezerra Coelho pela indicação. Armando disputando o governo, tem a ciência de que mesmo enfrentando um governador não muito bem-avaliado, estará do lado oposto a uma máquina que ganhou todas as eleições desde 2006 no estado, incluindo as três disputas pela prefeitura do Recife, e que naturalmente sabe fazer campanha como poucos.

Político experiente, e com o sentimento da experiência de quem já tem quase 70 anos de idade, Armando Monteiro pesará todos os fatores para poder entrar neste jogo, e o principal deles é a solidariedade de seus aliados no processo, pois precisará da presença de Fernando Filho, Bruno Araújo e Mendonça Filho na majoritária para ter a garantia que não será abandonado pelos seus aliados no decorrer da campanha. Armando pode até perder a disputa de outubro, porque em política todos os cenários estão postos, mas ele não pode entrar neste projeto sozinho, precisa ter a tropa na chapa porque se perder, perde todo mundo, o que naturalmente minimiza o risco de derrota e garante o empenho de todos os atores para que ele possa derrotar Paulo Câmara em outubro.

Qualquer outro cenário que se coloque sem a presença dos atores citados na chapa, será um indício de que eles não confiam no projeto e que poderão abandoná-lo na hora H. Armando, que não tem mais idade pra entrar em aventura, levará isso em conta para decidir se disputa mesmo o governo ou tentará renovar sua cadeira de senador que é de longe um caminho muito menos tortuoso.

Encontro – O encontro entre Marília Arraes, pré-candidata a governadora pelo PT, e o ex-presidente Lula acabou por não ter uma definição a respeito da candidatura ou não dela em outubro. Enquanto não se tem um desfecho, Marília segue livre, leve e solta andando por todo o estado e garantindo-lhe um recall para a eleição que vier a disputar em outubro, se for para governadora será bastante competitiva, se for para federal tem todas as condições de se eleger.

Espaço – Conforme antecipamos em primeira mão no nosso blog na véspera do carnaval, Jairo Brito deverá ser secretário de Geraldo Julio, garantindo que João da Costa assuma o mandato de vereador do Recife. No plano estadual, Dilson Peixoto deverá assumir a secretaria de Transportes em substituição a Sebastião Oliveira, que não terá o direito de indicar o sucessor na pasta.

ParCão – Na manhã deste domingo (11) o prefeito Geraldo Julio acompanha a entrega do ParCão no Centro Multiuso Santos Dumont, em Boa viagem. Para marcar a entrega, a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, responsável pelo novo ParCão, preparou um “Santos Dumont da Gente”, especialmente voltado para os animais de estimação. Nele, a Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais do Recife (Seda) e o Centro de Vigilância Ambiental (CVA) da Secretaria Municipal de Saúde estarão participando, oferecendo vacinação antirrábica para cães e gatos.

Prêmio – No próximo dia 27 de março, a prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PSB), recebe da Assembleia Legislativa de Pernambuco – Alepe, o Prêmio Prefeitura Amiga das Mulheres, edição 2018. Além de Arcoverde, as cidades de Caruaru, Palmares e Itamaracá também serão agraciadas com a premiação, que indicou o total de nove prefeituras nas categorias: Região Metropolitana do Recife, Agreste, Zona da Mata e Sertão.

RÁPIDAS

Reajuste – O plenário da Câmara Municipal de Garanhuns aprovou, na última quinta-feira, o Projeto de Lei do Executivo 002/2018, que atualiza o reajuste da grade de vencimentos de Servidores do Grupo Ocupacional Magistério do Poder Executivo Municipal de Garanhuns. O piso salarial do professor terá um reajuste de 6,81% com data retroativa a 1º de janeiro deste ano. O menor valor inicial para os professores da rede pública municipal de ensino passa a ser de 2.456,63, para uma carga horária de 200 horas mensais. O município de Garanhuns garante ainda o pagamento de gratificação de regência no percentual de 14%.

Senador – Bem posicionado nas pesquisas, o ministro da Educação Mendonça Filho, que deixa o cargo em abril, vem consultando aliados para entrar na disputa pelo Senado na chapa da oposição. Por conta do bom trabalho executado no MEC, é possível que Mendonça seja um candidato extremamente competitivo nestas eleições e possa enfim conquistar a sua primeira eleição majoritária.

Inocente quer saber – O que Lula falou para Marília Arraes na conversa que eles tiveram em São Paulo?

Fonte :Blog de Edmar Lyra.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||