Papuda: Geddel reencontra mesmos companheiros de cela

Publicado em 09/09/2017 às 21h00

De volta ao presídio da Papuda, no Distrito Federal, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) reencontrou os mesmos companheiros de cela da primeira vez em que esteve no local.

O peemedebista foi preso na última sexta (8) depois de a Polícia Federal descobrir um "bunker" em Salvador, onde estavam guardados R$ 51 milhões em dinheiro vivo.

A PF identificou nas notas impressões digitais do ex-ministro e de seu ex-assessor Gustavo Ferraz, também detido.

Geddel chegou à Papuda no fim da tarde de sexta, dois meses depois da primeira vez, quando foi preso por obstrução de Justiça no dia 3 de julho.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do DF, o baiano divide cela com nove presos, exatamente os mesmos da outra vez.

Segundo o órgão, a capacidade da cela é para 12 pessoas, com quatro treliches.

De acordo a SSP, há apenas chuveiro frio no local e um espaço para necessidades fisiológicas.

Geddel está no mesmo presídio de Lucio Bolonha Funaro, pessoa que foi determinante para a decisão da Justiça da primeira prisão do peemedebista.

Preso desde julho do ano passado, Funaro é apontado pelas investigações como operador do ex-deputado Eduardo Cunha e de todo o PMDB da Câmara.

De acordo com a SSP, eles estão em alas separadas na Papuda.

Geddel está na ala A e Funaro na ala B, no bloco 5.

Segundo a assessoria de imprensa da SSP, eles não têm permissão de se encontrarem. Os dois têm direito a duas horas por dia de banho de sol, mas em momentos diferentes. 

Fonte :Folha de S.Paulo – Camila Mattoso.

Blog do Magno Martins.

Enviar comentário

voltar para Blog

left show fwR|left tsN uppercase fwB|left show fwB fsN uppercase|bnull|||login news fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fwR c15 fsI|b01 c05 bsd|login news c10|tsN normalcase fwR fsI c15 b01 bsd|b01 normalcase bsd c05|content-inner||