Paulo à mesa com Luciana Santos e Humberto Costa

Publicado em 07/12/2018 às 11h00
Luciana Santos, Paulo Câmara e Humberto Costa se reuniram na noite de ontem
Luciana Santos, Paulo Câmara e Humberto Costa se reuniram na noite de ontem
Foto: Paullo Allmeida

No Palácio das Princesas, ontem, o governador Paulo Câmara recebeu os companheiros de chapa, Luciana Santos e Humberto Costa, em reunião reservada. Os três foram à mesa em um jantar realizado após a solenidade de diplomação. Luciana e Humberto são as lideranças maiores de seus respectivos partidos no Estado. Ela, que preside nacionalmente o PCdoB, foi a primeira mulher eleita vice-governadora de Pernambuco e Paulo fez questão de destacar isso no discurso proferido no encerramento da solenidade no Classic Hall ontem. À noite, Paulo, Luciana e Humberto foram acompanhados ainda do deputado estadual Nilton Mota, ex-secretário da Casa Civil, e de Antônio Figueira, chefe da Assessoria Especial do governo. Nilton voltará a ser secretário. Não se sabe ainda de qual pasta. Ele abriu mão de concorrer à reeleição e integrou a coordenação da campanha do governador. O PCdoB, de Luciana Santos, terá espaço ampliado na gestão, como a coluna já registrou, e o PT, por sua vez, passará a ocupar uma cota no 1º escalão. Luciana até encontraria o governador, antes, em Brasília, onde ele esteve por ocasião da reunião dos governadores do Nordeste, mas ela acabou perdendo o voo e os dois desencontraram. Não haviam conversado ainda desde que ele tirou férias. Os comunistas elegeram um deputado estadual, João Paulo, e mantiveram, ao eleger Renildo Calheiros, a cadeira na Câmara Federal. O PT, que elegeu Marília Arraes e Carlos Veras deputados federais, fez ainda três estaduais. O senador eleito, Jarbas Vasconcelos, que também compôs a chapa, encontra-se em missão oficial na Suíça e na Polônia, razão pela qual sua diplomação se deu na última segunda-feira e ele esteve ausente da conversa noturna de ontem.

Afago do governador
“Sebastião Oliveira está muito confiante, porque o trabalho que ele fez foi muito importante, aqui, para o crescimento do PR, tanto em 2016 como, agora, em 2018”. A avaliação foi feita pelo governador Paulo Câmara ao ser indagado se o PR teria espaço na gestão, caso saísse das mãos de Sebastião.

Nem pensar > Sob a tutela de Anderson, interessa ao Estado manter o partido na base? “Não trabalho com essas coisas, trabalho só com hipótese de o PR estar com Sebastião Oliveira, que é nosso aliado, que nos apoiou e que tem uma parceria importante com o governo”, devolveu Paulo Câmara.

Tá tendo > Diante das articulações de Anderson Ferreira para retomar o controle do PR-PE, Sebastião, questionado, assinalou: “Essa disputa nunca acabou”.
 
Pouco antes > Uma conversa entre Valdemar Costa Neto e Anderson Ferreira resultou na definição, como a coluna antecipara, da primeira semana de janeiro como prazo para saída de Sebastião Oliveira do comando do PR em Pernambuco.
 
Em janeiro > Sebastião registra que, no dia 19 de janeiro, haverá Congresso Nacional da sigla para tratar de diretórios provisórios. “Até lá, eu continuo presidente”, crava. 
 
A ilha... > O administrador de Fernando de Noronha, Guilherme Rocha, e o deputado federal Felipe Carreras foram ao ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, defender a liberação de voos noturnos em caso de atendimento de saúde na ilha. Representantes do ICMBio e Ibama também participaram. 
 
...na pauta > No rol de propostas para o arquipélago, figuraram ainda a situação do Hotel Esmeralda, de propriedade do ICMBio, e a diminuição da taxa ambiental para o estrangeiro visitar o Parque Nacional, além de interesses dos moradores.

 

Fonte :Folha de PE.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||