Paulo Câmara revoluciona a educação de Pernambuco

Publicado em 12/06/2019 às 08h00
                                 Foto: Helia Scheppa

Desde que o ex-governador Eduardo Campos assumiu o comando do estado em janeiro de 2007 que houve um investimento maciço em educação. Tão logo foram feitos os investimentos, os resultados começaram a aparecer, com a melhora dos índices de educação pública do estado. Isso foi possível graças à ampliação das escolas em tempo integral e da criação das escolas técnicas estaduais. Apesar disso, havia uma necessidade de se investir na base educacional, que são os primeiros anos, sob responsabilidade dos municípios. Sem uma política pública integrada, os alunos deixavam o ensino básico e entravam no ensino médio com uma série de dificuldades, muitos deles sem interpretar texto ou fazer contas simples. Cabia ao ensino médio repor a base que não foi feita no fundamental, e isso trazia sérios prejuízos para a educação. Este problema não é um caso isolado, se repete em todo o Brasil.

Ciente da necessidade e preocupado com a base educacional dos pernambucanos, o governador Paulo Câmara anunciou ontem o maior programa de alfabetização da história de Pernambuco, que irá beneficiar 330 mil crianças. O programa Criança Alfabetizada terá um investimento na ordem de R$ 50 milhões e visa beneficiar crianças dos 184 municípios pernambucanos, fazendo com que elas aprendam a ler e escrever no tempo certo, até os sete anos de idade. Um projeto pioneiro que será referência para todo o Brasil, uma vez que ele reúne não só o governo e as prefeituras, mas também a iniciativa privada, como o Instiuto Natura, a Fundação Lemann e a Associação Bem Comum, e irá se transformar em uma política pública de estado para que os próximos governadores possam mantê-lo independente da matiz ideológica.

Visando a integração dos municípios neste projeto, o governador anunciou também uma mudança na arrecadação do ICMS para os municípios, mais de R$ 540 milhões serão distribuídos com base em critérios educacionais, ou seja, para aumentar a arrecadação, os prefeitos terão que abraçar completamente o projeto Criança Alfabetizada. Como se não bastasse, tanto as melhores escolas quanto às piores em resultados terão incentivo, as primeiras para aprimorar o que estiver bom, já as que não tiverem sucesso, terão recursos para custear as melhorias para ofertarem uma educação de excelência. O programa é completo e mostra a preocupação do governador Paulo Câmara com a base da pirâmide de uma sociedade mais próspera e mais justa que é a educação.

O programa Criança Alfabetizada vem somar com outros programas que levam vida para a vida das pessoas, como por exemplo o décimo terceiro do Bolsa-Familia. A preocupação com o desenvolvimento social tem sido um dos principais eixos do segundo governo Paulo Câmara, que mesmo diante das dificuldades financeiras que existem, está fazendo, na medida do possível, as coisas acontecerem e consequentemente chegar no dia a dia de quem mais precisa.

Emendas – A Comissão de Justiça começou a discutir, nesta terça (11), a possibilidade de estabelecer sanções ao governador ou outros gestores do Estado em caso de descumprimento da execução obrigatória – prevista na Constituição de Pernambuco – das emendas parlamentares. As medidas constam no substitutivo elaborado pelo deputado Alberto Feitosa (SD) à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 4/2019, aprovada em Primeira Discussão na Alepe, no mês de abril, também de sua autoria. A votação foi suspensa a pedido do relator, Romário Dias (PSD), que concluirá, nesta quarta (12), a apresentação do parecer.

Vertentes – Em Vertentes, no domingo, dois poços artesianos foram entregues à população no distrito do Ferraz. Um obra da Prefeitura e o outro do grupo de oposição, liderado por Igor Miranda, que vem se destacando com várias ações para o município, gerando ciúmes à equipe do prefeito Romero Leal (PSDB). A entrega da obra do grupo oposicionista contou com a presença do deputado federal Danilo Cabral (PSB) e de várias lideranças locais, já a do prefeito, ficou ofuscada por não registrar presença a presença de seus aliados.

Desistência – No meio político já é dada como certa a desistência do deputado federal Daniel Coelho de disputar a prefeitura do Recife em 2020. Como ele vem numa queda de votos desde 2014, ele corre o risco de repetir Mendonça Filho e Cadoca que tiveram votações baixíssimas quando tentaram mais de uma vez disputar a prefeitura.

Paulista – O ex-prefeito de Paulista, Nena Cabral, assumirá a presidência do diretório municipal do PSDB. Ele está se movimentando na cidade para ser novamente candidato a prefeito nas eleições de 2020. Recentemente Nena esteve na convenção que oficializou Bruno Araújo como presidente nacional do PSDB.

Contrato – O Tribunal de Contas do Estado (TCE) está analisando um contrato do CEASA/OS com a Secretaria Estadual de Educação para logística e apoio técnico na distribuição da merenda escolar. O Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO) pediu que o contrato atual fosse encerrado e licitados os serviços. A Secretaria Estadual de Educação já apresentou defesa e diz que aguarda a decisão final do TCE. A relatora do caso é a conselheira Teresa Duere.

Caruaru – Importante aliado do senador Humberto Costa em Caruaru, Divanilson Galindo tem sido incentivado por apoiadores a disputar a prefeitura de Caruaru em 2020 pelo PT. Se for candidato, Divanilson poderá representar a renovação do PT na cidade.

RÁPIDAS

Eduardo Chera – O vereador Eduardo Chera ainda não definiu em qual partido irá se filiar. Há uma inclinação para o PSB do prefeito Geraldo Julio, mas a definição só deverá ocorrer após uma conversa com o prefeito e o deputado federal João Campos, que deverá disputar a prefeitura do Recife em 2020.

Recursos – O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) conseguiu a liberação de R$ 180 milhões para o Ramal do Agreste. A obra, orçada em R$ 1,2 bilhão, deverá ser inaugurada em 2021. Quando ficar pronto, o ramal beneficiará mais de 2 milhões de pessoas em 70 municípios pernambucanos levando água do rio São Francisco para estas cidades.

Inocente quer saber – Quando o governador Paulo Câmara liberará os R$ 20 milhões de emendas parlamentares?

Fonte :Blog do Edmar Lira.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||