PSB conversa com o PT e também com os tucanos

Publicado em 31/08/2017 às 10h00

A senadora Gleisi Hoffmann (PR), presidente nacional do PT, confirmou nesta quarta-feira (30) que na próxima semana irá procurar o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, para uma troca de opiniões sobre o quadro político nacional.

O PT está buscando uma reaproximação com o PSB para as eleições presidenciais do próximo ano e já deu dois passos nessa direção. Primeiro, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, ofereceu um almoço ao ex-prefeito de São Paulo, Paulo Haddad (PT), no Palácio do Campo das Princesas, do dias atrás.

Em segundo lugar, o ex-presidente Lula fez uma visita de cortesia, no Recife, a Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos, que ao morrer em 2014 era o presidente nacional do PSB.

O PT ainda não abriu conversa sobre a eleição de São Paulo, onde o PSB tem uma candidatura posta: do vice-governador Márcio França, pré-candidato à sucessão de Geraldo Alckmin (PSDB).

Mas, segundo Gleisi Hoffmann, “o PT deve ter candidato próprio ao governo de São Paulo”. Ela disse também que tem conversado muito com os senadores João Capiberibe (AP) e Lídice da Mata (BA), ambos do PSB e por isso resolveu pedir uma reunião com o presidente Carlos Siqueira para aprofundar os entendimentos.

“Temos conversado com muitas forças políticas, estivemos inclusive com o governador Geraldo Alckmin, mas o tema é a conjuntura política. Não queremos adiantar 2018”, disse o presidente do PSB.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||