Uma gestão sem rumo em Camaragibe

Publicado em 14/08/2019 às 09h00

Sócia da gestão do prefeito afastado Demóstenes Meira, cuja chapa foi eleita em 2016, a prefeita em exercício Nadegi Queiroz em nada mudou os problemas que estavam colocados na cidade nos últimos meses do prefeito afastado. Com quase dois meses, o sentimento geral do público e da classe política é de que Nadegi Queiroz não se preparou para ser prefeita de Camaragibe.

Quando há um afastamento de um prefeito, sobretudo da forma como aconteceu com Meira em Camaragibe, o sucessor monta uma equipe nova, com quadros qualificados que possam tirar a cidade do atoleiro, mas contrariando todas as expectativas, Nadegi montou um time com figuras carimbadas da velha política da cidade, que em nada acrescentaram para o futuro e para o bem de Camaragibe.

Evidente que a prefeita em exercício tem tempo para se recuperar e até mesmo chegar com chances reais de vitória em 2020, mas o clima na cidade é de total frustração, uma vez que os serviços essenciais não estão funcionando como deveriam, e ainda há uma insatisfação de muita gente que acreditou que Nadegi faria diferente, mas começa a se dar conta que ela é uma continuidade pouco diferente do antigo gestor.

Faltando pouco mais de três meses para concluir o seu mandato temporário, de acordo com o afastamento de Meira pela justiça, Nadegi está muito longe de se tornar uma unanimidade no município, muito pelo contrário, as críticas se tornam cada vez mais frequentes e mostram que ela não está à altura do desafio de governar uma cidade daquele porte.

Prestígio – O almoço de aniversário do deputado estadual Sivaldo Albino (PSB) no buraco frio da Alepe foi bastante prestigiado pelos seus colegas deputados. O parlamentar que está no primeiro mandato é pré-candidato a prefeito de Garanhuns em 2020.

Hostilizado – O ex-ministro da Educação Mendonça Filho (DEM) participou de um evento organizado pelo Google no Teatro Guararapes. Ele foi como palestrante, mas acabou sendo hostilizado pelos presentes no evento, que o vaiaram.

Bem recebido – Já o deputado federal João Campos (PSB), igualmente convidado para o evento do Google, foi bem recebido pela plateia, não havendo nenhum sinal de desconforto junto aos presentes. Tanto Mendonça quanto João são pré-candidatos a prefeito do Recife em 2020.

Sem noção – O secretário de Segurança Cidadã, Murilo Cavalcanti, foi no mínimo infeliz ao declarar que o MDB poderá apoiar a pré-candidatura do deputado Lucas Ramos, seu sobrinho, a prefeito de Petrolina. Partido do senador Fernando Bezerra Coelho, o MDB inexoravelmente ficará com o prefeito Miguel Coelho, que tentará a reeleição. A declaração causou ruídos entre os próprios jarbistas, que interpretaram a postura como equivocada.

RÁPIDAS

Rejeitadas – O prefeito de Águas Belas, Luiz Aroldo, teve suas contas do exercício de 2017 rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. O prefeito já fazia uma gestão mal-avaliada na cidade e agora teve uma péssima notícia para tentar a reeleição.

Destaque – Com o mandato diferenciado que o deputado estadual Antonio Coelho (DEM) está fazendo na Alepe, já se comenta na Casa que ele tem tudo para assumir a liderança da oposição em 2020. A oposição precisa de um nome competente que faça críticas contundentes mas que tenha o respeito dos pares e Antonio já surge com essas credenciais.

Inocente quer saber – Quando a cidade de Camaragibe terá alguma sorte com seus prefeitos?

Fonte : Blog Edmar Lyra.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||