Número de brasileiros endividados chega a número recorde; média de valor devido é de três vezes o salário

Publicado em 17/07/2017 às 14h00

Chegou a 61 milhões o número de brasileiros com contas em atraso. A quantidade representa um recorde. O brasileiro deve, em média, três vezes o que ganha. Em alguns casos, acumulam mais de 20 dívidas diferentes. Os dados são de pesquisa feita pelo Data Popular e foram encomendadas pela empresa de recuperação de crédito Recovery.

Segundo o levantamento, divulgado no jornal O Estado de S.Paulo nesta segunda-feira, 17 de julho, grande parte das dívidas foi contraída nos últimos três anos. O período retrata o momento do agravamento da crise econômica no País. Nesse período, a taxa de desemprego mais que dobrou, atingindo 14 milhões de brasileiros. Paralelamente, o brasileiro teve de enfrentar questões como disparada da inflação, escassez de crédito e juros altos.

Ao traçar o perfil dos inadimplentes, a pesquisa constatou que esse é um público diversificado. Um quarto dos endividados pertence à classe alta e 40% têm ensino superior, sendo que 10% são pós-graduados. De modo geral, cada brasileiro inadimplente tem três dívidas acumuladas, que somam R$ 8.370.

Entre os entrevistados ouvidos, 43% destacaram o desemprego como a principal causa para não estarem em dia com as contas. Outros 19% apontaram não ter renda para pagar a dívida, sendo que 27% deles pertencem à classe baixa. A pesquisa também constatou que 36% dos inadimplentes não sabem o tamanho da dívida que possuem. Embora 79% deva mais para os bancos, é no comércio que o número de dívidas per capita é maior. São 2,59 dívidas por inadimplente.

Fonte Agência CNM, com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Enviar comentário

voltar para Blog

left show fwR|left tsN uppercase fwB|left show fwB fsN uppercase|bnull|||login news fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fwR c15 fsI|b01 c05 bsd|login news c10|tsN normalcase fwR fsI c15 b01 bsd|b01 normalcase bsd c05|content-inner||