Antes da prisão de Lula, ex-ministro do STF Joaquim Barbosa filiou-se ao PSB nesta sexta, em São Paulo

Publicado em 07/04/2018 às 16h00
Foto: Fotos Públicas.
                       Foto: Fotos Públicas.

No penúltimo dia da janela partidária, nesta sexta-feira, o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa assinou, em São Paulo, em um ato reservado, a filiação ao PSB, de olho nas próximas eleições presidenciais. Os partidos podem indicar seus nomes para a corrida presidencial até o dia 15 de agosto.

O deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE), um dos maiores estusiastas do nome do ex-ministro do STF como uma das opções presidenciais dos socialistas nestas eleições, comemorou o desfecho com a aceitação da filiação.

“(Joaquim Barbosa) Não será candidato a governador nem senador nem vice-presidente. Será presidente do Brasil. Escreva aí e depois me cobre”, disse Danilo Cabral, em breve contato com o blog.

De acordo com o deputado, como é uma pessoa discreta, a filiação ao PSB não contou com evento e deu-se apenas por meio de um ato protocolar, nesta tarde, antes da prisão de Lula. Um ato político será marcado depois.

“Minha gente, é com alegria que nós do PSB damos as boas-vindas a Joaquim Barbosa. O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal se junta ao partido para fortalecer nosso time em busca de um Brasil mais justo e igualitário. #JuntosComDanilo #PSB #JoaquimBarbosa”, escreveu, pelas redes sociais.

Fonte:Blog do Jamildo.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||