Temer sanciona lei que cria a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco

Publicado em 12/04/2018 às 04h55
O presidente Michel Temer sancionou nesta quarta-feira (11) a lei que cria a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE), com sede na cidade de Garanhuns.

Presente à solenidade, o senador Armando Monteiro (PTB) declarou que Pernambuco tem universidades na capital e no Sertão (UNIVASF), mas faltava uma para atender aos estudantes do Agreste que tem cidades importantes como Garanhuns, Caruaru, Belo Jardim, Pesqueira, Limoeiro e Santa Cruz do Capibaribe.

A nova universidade, cuja implantação está orçada em R$ 121 milhões, resultará do desmembramento do campus da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) em Garanhuns.

A criação da UFAPE resultou de uma emenda de autoria do senador Armando Monteiro a um projeto de lei originário da Câmara dos Deputados criando a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (PI), que também foi sancionada pelo presidente da República na data de hoje (11).

O senador fez questão de assinalar a contribuição dada pelo então ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM-PE), para a criação da mais nova universidade do Estado de Pernambuco.

A emenda de Armando Monteiro determina que os alunos do campus da Universidade Federal Rural de Pernambuco passem a ser vinculados automaticamente à UFAPE.  A lei cria os cargos de reitor e vice-reitor e de até 600 cargos de professor e servidores da área administrativa.

Hoje, o campus da UFPE de Garanhuns oferece os cursos de Medicina Veterinária, Agronomia, Ciência da Computação, Zootecnia, Engenharia de Alimentos e Licenciatura em Letras e Pedagogia.

Fonte :Blog de Inaldo Sampaio

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||