'Queremos reeditar a Frente Popular', diz Paulo Câmara sobre aliança com PT

Publicado em 10/05/2018 às 21h00

Paulo participou de evento em Abreu e Lima / Foto: Edílson Júnior / DivulgaçãoPaulo participou de evento em Abreu e Lima

Foto: Edílson Júnior / Divulgação
Da Editoria de Política
Com informações de Paulo Veras
 

Enquanto o Partido dos Trabalhadores (PT-PE) segue sem definição sobre ter uma candidatura própria ao governo do Estado ou aliança com o PSB, o governador Paulo Câmara (PSB) disse, nesta quinta-feira (10), que está aberto à conversa com os petistas e em nível nacional vai defender o diálogo com todos os partidos do campo de esquerda e centro-esquerda.

"É uma discussão que estamos fazendo com uma parte do PT que tem esse entendimento da importância de uma aliança e temos essa intenção de reeditar a Frente Popular, nos moldes que foi concebida por Eduardo Campos lá atrás. Então estamos conversando e tem tempo para isso. Temos que entender as questões internas de cada partido, vamos respeitar, mas estamos à disposição para o diálogo com o PT e todos os partidos de centro-esquerda que queiram estar junto conosco para ampliar a Frente Popular que no nosso entendimento tem contribuído com o desenvolvimento de Pernambuco", disse o socialista após a assinatura de convênios em Abreu e Lima, no Grande Recife.

A declaração do governador vem um dia depois que o senador Humberto Costa (PT) defendeu, direto da tribuna do Senado, uma aliança entre petistas e socialistas. Humberto é um dos principais fiadores da aproximação com o PSB dentro do seu partido e é cotado para ocupar uma das vagas do Senado na chapa do governador Paulo Câmara (PSB), juntamente com o deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB). "Estou defendendo dentro do PT, juntamente com outros companheiros um diálogo para que construamos uma pauta de governo a partir da qual possamos discutir com o governador Paulo Câmara a formação de uma aliança no estado", afirmou o senador.

MARÍLIA ARRAES

Em resposta às declarações de Humberto Costa, o vice-líder da oposição na Câmara, Silvio Costa (Avante), levou Marília Arraes ao plenário para defender a sua pré-candidatura do Governo do Estado. "Presidente, quero registrar a presença da vereadora do Recife Marília Arraes, candidata a governadora de Pernambuco pelo PT, neta de Miguel Arraes e está muito bem posicionada nas pesquisas", afirmou. Silvio Costa atacou o PSB de Pernambuco, que segundo ele, juntamente com uma ala do PT, "de forma desleal, quer agredir a democracia e retirar a candidatura da vereadora Marília Arraes", afirmou Silvio. Marília, inclusive, publicou nas suas redes sociais fotos com deputados federais do PT que defendem sua candidatura.

Pré-candidato ao Senado Federal, Silvio Costa chegou a ser cotado para integrar uma chapa formada por Marília Arraes e o pré-candidato ao governo pela Rede Sustentabilidade, o ex-prefeito de Petrolina Julio Lóssio. O PT adiou para 10 de junho a definição sobre ter candidatura própria ou não, após a apresentação de uma proposta formal de apoio ao PSB, assinada, entre outros nomes, pelo vice-presidente estadual da legenda, Oscar Barreto, durante uma reunião com representantes do PT nacional sobre as eleições no início de maio.

AGENDA

Em parceria com a Prefeitura, o governador assinou, nesta tarde, convênios para a construção da Escola Municipal Auta de Araújo, que será instalada no bairro do Fosfato, e para a revitalização do Mercado Público de Abreu e Lima. Ele também inaugurou a Praça Pastor Valdeci Nestor, no bairro do Planalto, garantindo um equipamento de lazer e convivência à população.

“Viemos a Abreu e Lima fechar um convênio para fortalecer a educação da cidade. Repassamos os recursos e, agora, a prefeitura tem a condição de fazer a obra e de entregá-la à população. E eu quero estar aqui junto, para que a gente possa oferecer condições para que os nossos jovens tenham um futuro cada vez melhor. Queremos que a melhor educação pública esteja à disposição dos nosso jovens, que serão de uma geração muito mais preparada para os desafios do futuro”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Fonte : JC.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||