Alguns ex-prefeitos ficaram fragilizados para eleições deste ano

Publicado em 07/06/2018 às 10h00

O cargo de prefeito dá uma grande dimensão política àquele que vem exercer a função em seu município, sobretudo se a cidade tiver uma representatividade política, pois fará do detentor do mandato um importante ator na sua cidade e na região que exerceu a função, porém alguns destes nomes ao deixarem seus cargos ficam completamente marginalizados do processo político e eleitoral, principalmente quando não foi reeleito ou não consegue emplacar o sucessor.

Pelo menos quatro ex-prefeitos de cidades importantes que concluíram seus respectivos mandatos em 2016 passam por uma situação muito ruim com vistas as eleições deste ano. O primeiro deles é o ex-prefeito de Camaragibe Jorge Alexandre. Ele realizava uma gestão que parecia estar encaminhada para a reeleição, porém acabou se envolvendo num escândalo que não só acabou com a sua perspectiva de reeleição como também manchou a sua vida pública para sempre, praticamente o inviabilizando para novas disputas eleitorais.

No Cabo de Santo Agostinho o ex-prefeito Vado da Farmácia também ficou numa situação semelhante. Sequer pôde concorrer nas eleições de 2016, e quando deixou a prefeitura não deixou qualquer tipo de saudade, sua gestão ficou marcada pelo descaso e principalmente pelos escândalos envolvendo seu nome e de seus aliados, o que naturalmente o deixou em maus lençóis. Vado ensaiou ser candidato a deputado estadual este ano mas como viu o tamanho da sua rejeição no município declinou do projeto porque sabia que seria muito difícil conquistar o voto dos cabenses que o consideram o pior prefeito da história do Cabo.

Em Olinda, Renildo Calheiros representou a continuidade de um projeto de dezesseis anos do PCdoB, algo bastante complicado para qualquer grupo político. Apesar de ser um político que circula muito bem, pois foi deputado federal por vários mandatos e tem o diálogo como sua marca, a gestão em Olinda não fez bem para a sua carreira, pois a sua candidata Luciana Santos ficou em quarto lugar na disputa de 2016 e ele não deixou saudades na sua cidade, pois viu Lupércio assumir a prefeitura e em pouco menos de um ano e meio conseguiu imprimir um ritmo de gestão que o PCdoB foi incapaz de gerir em 16 anos. Apesar de ser pré-candidato a deputado estadual, há quem duvide das chances de Renildo conseguir uma boa votação em Olinda e naturalmente o coloca numa condição de fragilidade eleitoral.

Por fim a situação de Elias Gomes. Tendo sido prefeito do Cabo de Santo Agostinho e depois de Jaboatão dos Guararapes, realizando por duas vezes uma gestão exitosa no segundo maior município do estado, Elias lançou um candidato fraco para a sua sucessão que foi incapaz de chegar ao segundo turno, e colocou por terra tudo que construiu ao longo de oito anos de gestão em Jaboatão.

Naquela ocasião viu seu filho sofrer nova derrota no Cabo de Santo Agostinho, o que rendeu uma dupla derrota nas cidades que tinha algum tipo de influência. Os resultados fragilizaram o grupo de Elias, que está em contagem regressiva para perder o mandato de deputado federal de Betinho Gomes, uma vez que ele não tem votos suficientes para se reeleger, e deixaram-no impossibilitado de sonhar com projetos maiores, como o Senado, o governo ou a vice da oposição. Se for prudente, Elias disputa um mandato de deputado estadual porque com o recall que ainda possui no Cabo e em Jaboatão poderá alcançar o mandato e garantir uma tribuna para o seu grupo, porque assim como seus colegas que encerraram seus mandatos em 2016, ele está igualmente fragilizado.

Aplausos – O Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou, na sessão desta quarta-feira (6) um voto de aplausos ao promotor Roberto Brayner Sampaio, por sua passagem na Presidência na Associação do Ministério Público de Pernambuco (AMPPE). A nova diretoria foi da entidade, que reúne promotores e procuradores de Justiça, foi eleita na última segunda-feira (4). A proposta, acatada pela unanimidade dos conselheiros do TCE, foi da procuradora geral do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), Germana Laureano.

Apoios – O pré-candidato a senador, deputado federal Silvio Costa, vem recebendo apoios de prefeitos das mais variadas regiões do estado. No interior Silvio ganhou grande popularidade por ter defendido Dilma Rousseff no período do impeachment. Como no interior do estado a população foi majoritariamente contrária ao impeachment, prefeitos e lideranças da região querem apoiá-lo por ser “o senador de Lula”.

Federal – De olho no vácuo que existe em Petrolina e região, o deputado estadual Odacy Amorim deverá ser candidato a deputado federal, uma vez que o campo político de esquerda na região lhe dá uma avenida de oportunidades para que ele possa chegar a Câmara dos Deputados. Se confirmar sua ida, ele terá como adversários diretos Fernando Filho, Fernando Monteiro, Gonzaga Patriota e Adalberto Cavalcanti.

Cal Volia – Após encerrar uma exitosa gestão em Itapissuma, transformando a cidade num polo industrial e elegendo o sucessor que também realiza boa gestão, Cal Volia está ampliando seus votos no litoral Norte e já está sendo considerado um competitivo candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco pelo PP.

RÁPIDAS

Giro – O pré-candidato a deputado federal Junior Uchoa (PSC) realizou um giro pelo Sertão para fechar novos apoios para a sua campanha rumo a Câmara Federal. Ele passou por São José do Egito, Salgueiro e Mirandiba, sendo recebido por importantes lideranças políticas dos municípios que tocarão sua campanha.

Dupla personalidade – O vereador Ricardinho (SD), do Cabo de Santo Agostinho, que é primo de Betinho Gomes (PSDB) faz, na Câmara e nas redes sociais, oposição raivosa ao prefeito Lula Cabral e, ao mesmo tempo, busca tirar proveito das obras realizadas pelo gestor. É um caso emblemático de dupla personalidade.

Inocente quer saber – Por que Romário Dias não fez parte da comitiva do governador Paulo Câmara durante sua passagem pelo agreste?

Fonte : Blog Edmar Lyra.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||