Retaguarda política de Paulo Câmara ainda lhe confere favoritismo

Publicado em 06/07/2018 às 11h00

Candidato a reeleição, o governador Paulo Câmara seguirá liderando uma frente política com a maior quantidade de partidos, lhe garantindo o maior tempo no guia eleitoral e a possibilidade de eleger as maiores bancadas da Alepe, com pelo menos 30 estaduais e da Câmara Federal com pelo menos 15 federais. Os maiores puxadores de votos estarão em sua coligação, o que lhe garante uma boa retaguarda.

Mesmo diante de dificuldades na gestão, a classe política não está identificando nos outros projetos algo efetivo, a prova é que exceto o PSC que oficializou o apoio a Armando Monteiro, os demais partidos que ainda não bateram o martelo quanto ao destino seguem emitindo sinais de que não querem pular para a oposição.

Com financiamento eleitoral cada vez mais escasso, ter a tropa abrigada na estrutura do governo é imprescindível na tentativa de cabalar votos, e os deputados, sejam eles estaduais ou federais, identificam que as estruturas do governo e da prefeitura do Recife contribuem fortemente para que a engrenagem gire e permita a Frente Popular melhores chances de vitória.

Ainda pesa a favor de Paulo Câmara, além da tropa e da experiência em eleições do PSB, o fato de a oposição não ter conseguido imprimir um projeto que possa conquistar o eleitorado. Na dificuldade do governador, Armando Monteiro não conseguiu crescer durante o período do governo, e isso tem pesado muito nas avaliações da classe política de que mesmo não sendo uma maravilha de governo, o projeto oposicionista ainda não conseguiu mostrar que será melhor do que Paulo Câmara.

Faltando menos de dois meses para o início da eleição, Paulo Câmara segue, na ótica da classe política, com chances significativas de vitória em relação ao seu principal adversário, que é o senador Armando Monteiro, sobretudo por ter mantido os apoios mais representativos tanto do ponto de vista partidário quanto do eleitoral.

Harmonia – Presidente em exercício da Assembleia Legislativa de Pernambuco, o Pastor Cleiton Collins tem dialogado com seus pares no intuito de manter a harmonia da Casa e tocar o funcionamento dela da melhor maneira possível. Ele pretende conversar com todos os deputados para fazer com que a engrenagem continue funcionando como no período em que foi presidido por Guilherme, tornando-se referência entre todas as Casas Legislativas do Brasil.

Nomes – Além de Alberto Feitosa, Cleiton Collins, Eriberto Medeiros, Nilton Mota, Isaltino Nascimento, Waldemar Borges e Romário Dias, surgiram mais dois nomes com envergadura para o posto lembrados pelos próprios pares, que são os experientes Antônio Moraes e Tony Gel, ambos possuem excelente trânsito tanto na Casa quanto fora dela e poderiam agregar bastante caso fossem o escolhido para o posto.

Legenda – Vice-presidente estadual do PRTB, o vereador Marco Aurélio afirma que o partido não é legenda de aluguel e que convocará a executiva para que Evandro Alencar não tenha legenda para ser candidato a deputado federal. “Nós ainda não fizemos nossa convenção, apesar de já termos um direcionamento, e um pré-candidato atropela a direção do partido demonstrando total desrespeito com a legenda e sua direção. Se age assim agora, vai fazer do mesmo jeito caso seja eleito. Portanto, é melhor cortar o mal pela raiz. Ao contrário do que ele pensa, o PRTB não é legenda de aluguel“.

Segurança – O governador Paulo Câmara entrega na manhã desta sexta-feira, 130 novas motos para a Polícia Militar, que serão usadas no policiamento ostensivo. A ação irá reforçar o compromisso e empenho em combater a violência em Pernambuco. Esses veículos fazem parte de um conjunto de 700 motos que foram adquiridas pelo Governo do Estado, com o intuito de reforçar a estrutura operacional da PMPE no combate à criminalidade. Destas, 373 foram entregues. No total, o investimento para aquisição dos novos veículos é de R$ 20,3 milhões, viabilizados por financiamento do BNDES.

RÁPIDAS

Interlocutor – O pré-candidato a senador pela Rede Sustentabilidade, Antonio Souza, está cada vez mais alinhado com a presidenciável Marina Silva, tornando-se um dos principais interlocutores dela no estado. Recém-filiado ao partido de Marina, Antonio conseguiu em pouco tempo atingir um grande protagonismo na Rede.

Vice – Em Brasília muita gente dá como certa a indicação do ex-ministro Mendonça Filho para o posto de vice-presidente na chapa encabeçada por Geraldo Alckmin (PSDB). Os tucanos querem um vice do Nordeste e o nome de Mendonça preenche todos os requisitos para o cargo, uma vez que ganhou dimensão nacional na atual legislatura e por ter ocupado com maestria o MEC.

Inocente quer saber – Como ficará a campanha de Armando Monteiro caso Mendonça Filho deixe a disputa de senador para ser vice-presidente na chapa de Geraldo Alckmin?

Fonte : Blog Edmar Lyra.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||