‘Foi um erro de Lula colocar Gleisi como presidente’, disse Sílvio Costa

Publicado em 03/08/2018 às 22h00
Foto: Victor Tavares/Blog de Jamildo
Foto: Victor Tavares/Blog de Jamildo

Depois de passar dois dias no modo avião, o deputado federal Sílvio Costa (Avante), convocou uma coletiva para a tarde desta sexta-feira (3). Na ocasião, o pré-candidato ao Senado na possível chapa de Marília Arraes (PT), disse que a retirada da petista da disputa não teve o apoio de Lula e que o ex-presidente ‘cedeu’ às constantes investidas da senadora Gleisi Hoffmann em favor da aliança com o PSB.

Sílvio disse que esteve com Lula e que o petista apoia a candidatura da vereadora do Recife. “Esses caras queimaram o presidente Lula e pelo menos metade da militância do PT no Brasil. Não é verdade que foi o presidente Lula que mandou fazer isso. Eu estive com o presidente Lula. Observe que eu fiz o movimento com Marília, tu acha que eu faria aquilo sem ter conversado com Lula? Lula disse a mim que queria a candidatura de Marília”. 

O deputado federal disse que Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, é a grande responsável por sacar Marília em Pernambuco e que Lula errou ao colocá-la como presidente do partido. “Gleisi, que não gosta de Haddad, que quer acabar com o PT, porque foi um erro de Lula colocar Gleisi como presidente, que quer acabar com o PT ao ponto de querer ser candidata a presidenta pelo PT”, afirmou, revelando que Gleisi teria o projeto de ser a candidata do partido caso Lula não consiga viabilizar sua candidatura.

Silvão não poupou críticas à senadora. “Quem é Gleisi para querer ser candidata pelo PT? De tanto ela fazer isso, ela trabalha contra Haddad e trabalhou contra Marília, de tanto ela aperrear o presidente Lula lá em Curitiba, chegou um momento que o presidente Lula se irritou e disse ‘faça o que você quiser’. Lula realmente disse a frase, de tanto eles aperrearem o presidente Lula, o presidente disse ‘faça o que vocês quiserem'”, contou Sílvio Costa.

Durante a entrevista o parlamentar disse que o desespero de Gleisi bateu após a vista de Rui Falcão e João Pedro Stédile ao ex-presidente. “Sabe quando bateu o desespero neles? Quando Rui Falcão e Stédile saíram de Curitiba e deram aquela entrevista. Stédile é um homem decente viu? Ele não ia fazer tipo ali não. Ali o presidente Lula já tinha decidido por Marília. Aí o Fernando Pimentel, que é o Paulo Câmara de Minas Gerais, se desesperou, entrou no circuito com dona Gleisi, negociaram não sei o que, pegaram esse partideco PCdoB, que é mercadoria do PSB, e fizeram essa patifaria aí com a vereadora Marília Arraes”, contou garantindo que Marília será candidata e eleita governadora de Pernambuco”, cutucou.

Sílvio Costa reafirmou que quer disputar o Senado na chapa de Marília e disse que caso a vereadora seja impedida de se candidatar ele se unirá com o PROS, PDT, REDE, PRB e Avante para lançar uma candidatura para o governo do Estado, não descartando a possibilidade de ser o candidato do grupo ‘alternativo’ a governador.

O deputado Silvio Costa (Avante) foi cotado para assumir a vaga de vice na chapa de Ciro Gomes (PDT). Ele, que foi um ferrenho opositor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e hoje defende a liberação da candidatura de Lula. Sobre a especulação, o deputado disse que ninguém é candidato a vice, mas seria para mim um privilégio”.

Fonte:Blog do Jamildo.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||