Sistema de Informações para a Infância e Adolescência tem nova versão

Publicado em 07/08/2018 às 19h00

Representantes dos governos estaduais que atuam como técnicos do Sistema de Informações para a Infância e Adolescência (SIPIA) vão contar como nova versão do Sistema, que organiza e automatiza a rotina de trabalho dos conselhos tutelares. Os representantes podem, ainda, utilizar a ferramenta para registrar os atendimentos e gerenciar os documentos emitidos durante a aplicação das medidas protetivas.

Apresentado em evento do Ministério dos Direitos Humanos na semana passada, o Sistema fornece também dados e informações sobre violações de direito de crianças e adolescentes, auxiliando inclusive na formulação de novas políticas públicas.

Dados do Ministério mostram que apenas 20% dos Municípios utilizam a ferramenta. Na oportunidade foi tratada, ainda, como se dará a atuação dos Coordenadores Técnicos Estaduais do SIPIA na divulgação e implementação do Sistema de forma a abraçar mais Municípios.

O Brasil integra grupo da Parceria Global pelo Fim da Violência contra Crianças e Adolescentes, iniciativa liderada pela Organização das Nações Unidas (ONU). De acordo com o Ministério, um dos compromissos assumidos pelo país nessa parceria foi o desenvolvimento de um sistema de indicadores sobre crianças e adolescentes, com foco na identificação das violações de seus direitos.

Para orientar os gestores municipais sobre temas relacionados a Assistência Social, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) disponibiliza documentos na Biblioteca da Assistência Social

Acesse e conheça o portal do FIA-M  

Fotos: Ministério dos Direitos Humanos

Fonte:Da Agência CNM de Notícias com informações do MDH http://www.li.cnm.org.br/r/vPB8xZ.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||