Sérgio Moro quer levar integrantes da Lava Jato para o Ministério da Justiça

Publicado em 04/11/2018 às 17h00

O juiz assume o comando da pasta, que vai acumular a Segurança Pública, a partir de 1° de janeiro. Imagem: ArquivoO juiz federal Sérgio Moro quer levar para o Ministério da Justiça integrantes da Operação Lava Jato. Além de montar uma "agenda anticorrupção e anticrime", Moro já avalia nomes ligados à Polícia Federal, que voltará a ficar sob o comando da pasta, e à Receita Federal.

Para pôr em prática seus planos, ele terá o maior orçamento da pasta nesta década. Serão R$ 4,798 bilhões em 2019, 47% a mais do que a dotação autorizada este ano. Moro assume o Ministério da Justiça, que passará a comandar também a Segurança Pública do País, durante o governo de Jair Bosonaro, a partir de 1º de janeiro de 2019. 

Sérgio Moro afirmou a interlocutores que não está descartada a hipótese de convidar também algum membro do Ministério Público Federal, mas admite que a participação de representantes desse braço da Lava Jato será mais difícil porque seria necessário que o convidado pedisse exoneração do órgão.

O juiz deve começar a analisar a estrutura do “superministério” assim que receber os dados da equipe de transição. Seu plano é englobar o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), ligado à Receita.

Fonte: Diario de PE.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||