Mulheres na Tribuna: ação incentiva a participação feminina na política

Publicado em 28/11/2018 às 20h00

No ano em que Pernambuco elegeu o maior número de deputadas estaduais de sua história, a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado (Alepe) consolidou a Ação Formativa Mulheres na Tribuna – Adalgisa Cavalcanti, que chega a sua quinta edição nesta quinta-feira (29). As cidadãs de Ferreiros, na Mata Norte, serão as próximas participantes da iniciativa, que contempla um dia de visita ao Legislativo estadual e atividades pedagógicas voltadas para a participação política.

A cada mês, às quintas-feiras, moradoras de um município diferente são convidadas a integrar a ação. Pela manhã, visitam o Museu Palácio Joaquim Nabuco, antigo plenário da Assembleia, e conhecem os detalhes históricos e arquitetônicos do patrimônio. Depois, assistem à sessão plenária, que às quintas acontecem a partir das 10h. Após o almoço, as mulheres participam de ação formativa ministrada pela Escola do Legislativo com foco em comunicação e política.

“É na parte da tarde que elas têm um espaço maior para debater, refletir, participar ativamente. Após palestra sobre inserção feminina nos espaços de poder, as cidadãs são convidadas a discutir sobre a importância da representatividade e, claro, sobem à  tribuna para se pronunciar”, explica a deputada Simone Santana, presidente da Comissão da Mulher e autora do Projeto de Resolução que criou o Mulheres na Tribuna.

Lançada em 2018, a iniciativa já recebeu mulheres de Paulista, Abreu e Lima, Território Estratégico de Suape e Rio Formoso. Os municípios participantes são indicados pelos próprios deputados estaduais, que são os anfitriões das convidadas. O subtítulo Adalgisa Cavalcanti é uma homenagem à primeira deputada estadual pernambucana. Ao fim do encontro cada cidadã recebe um livreto com o perfil de todas as deputadas estaduais já eleitas na história de Pernambuco: foram 30 até a atual legislatura.

Nas Eleições de 2018, a bancada feminina alcançou número recorde de mulheres eleitas. A partir de 2019, 10 das 49 vagas serão ocupadas por mulheres.

Fonte: Blog Ponto de Vista.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||