Dia Mundial de Conscientização do Autismo: data de promoção do respeito às diferenças

Publicado em 03/04/2019 às 06h00
Dia Mundial do Autismo: data de conscientização e de promoção do respeito às diferenças

O Dia Mundial de conscientização do Autismo nos serve como um dia de reflexões que se desdobrem em ações. Deve haver um esforço conjunto para que os preconceitos ainda existentes sejam combatidos: as pessoas precisam entender mais sobre o autismo e precisam estar preparadas para incluir aqueles que sofrem com o transtorno.

Esta é uma responsabilidade coletiva: tanto os poderes públicos quanto a sociedade, e em especial os profissionais da saúde e da educação, devem agir  para que haja o diagnóstico precoce e o sequente atendimento especializado. Os principais sintomas do autismo são a dificuldade de interação social, dificuldade de comunicação, e “forma literal de agir”, inflexível, com baixa aceitação de mudanças na rotina. No entanto, é afirmado pelos especialistas que o autismo pode melhorar ao longo da vida e do tratamento. Ou seja, o autista é perfeitamente capaz de aprender, a grande questão é como ensinar. E ele também tem empatia e suas próprias dimensões afetivas, mas nós, enquanto sociedade, precisamos entender que essa maneira de se expressar possui características particulares.

Uma ação muito bem sucedida nesse sentido é a praticada pelo CENTRO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO DO RECIFE – CAEER, localizado na Rua Conselheiro Nabuco, em Casa Amarela. As atividades desenvolvidas contam como um complemento a atividade escolar dos alunos matriculados na rede pública estadual. O espaço possui uma equipe de profissionais especializados para lidar com as diferenças e estimular as habilidades dos estudantes. A iniciativa é do governo estadual e o atendimento é gratuito. O telefone é o (81) 3181-4701.

Fonte :TRE- PE.

Enviar comentário

voltar para Blog

bdt b02|left|||||login news bdt b02|bdt b02|bdt b02|login news bdt b02|b02 bdt|bdt b02|content-inner||